Por choque de datas, organização anuncia adiamento do Desafio das Estrelas para janeiro de 2013

A organização do Desafio das Estrelas anunciou que a corrida acontecerá nos dias 12 e 13 de janeiro, pois alguns pilotos afirmaram que não poderiam estar presentes devido a um conflito de datas com outras competições

A organização do Desafio das Estrelas, competição realizada por Felipe Massa, anunciou nesta quarta-feira (3) que o evento de 2012 será adiado para os dias 12 e 13 de janeiro de 2013. O motivo, segundo os promotores, é a agenda apertada de alguns pilotos, que não poderiam estar presentes caso a corrida continuasse marcada para o fim do ano.

“Algumas das estrelas convidadas para a próxima edição estão com dificuldade de conciliar as agendas dos campeonatos que disputam com a data que temos em dezembro. Por isso, a mudança para janeiro, quando os esportes a motor estão de férias, vai ajuda-los a participar da nossa competição”, declarou Carlinhos Romagnolli, um dos dirigentes da empresa responsável pela corrida.

O Desafio das Estrelas acontecerá apenas em janeiro de 2013 (Foto: Divulgação)

Originalmente, a organização do desafio trabalhava com a data de 16 de dezembro, mas acabou optando pelo adiamento para janeiro, já que alguns pilotos estavam com a agenda cheia no final do ano. Vale lembrar que essa é uma época do ano em que há uma série de torneios comemorativos.

Apesar da mudança de data, Romagnolli garantiu que o público não saíra perdendo, já que poderá contar com a presença de alguns dos principais pilotos do mundo.

“Em breve anunciaremos o pacote de atrações para o público, que promete ser dos melhores que já fizemos. Com essa mudança de data, agora os pilotos estarão mais livres para competir aqui. E isso tudo em conjunto significa que estamos construindo a melhor edição da história do Desafio Internacional das Estrelas”, encerrou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube