TCR Sul-Americano altera calendário para 2021 após acordos para transmissão na TV

O calendário segue com previsão de oito datas e com a perspectiva de começar no Brasil, mais precisamente em Goiânia, mas agora entre os dias 22 e 23 de maio. Ainda não há confirmação das praças onde o TCR Sul-Americano vai correr na Argentina no seu ano de debute

A Williams apresenta seu FW43B para a temporada 2021 da Fórmula

A organização do TCR Sul-Americano, a mais nova categoria continental do esporte a motor, anunciou nesta terça-feira (9) mudanças no seu cronograma original para a temporada de estreia, em 2021. A base segue a mesma, com oito etapas, sendo três delas no Brasil. Também está mantida, até o momento, a previsão de realizar a abertura do campeonato em maio, mas com mudanças na programação traçada no fim do ano passado. A categoria considerou os acordos com ESPN e Fox Sports para transmissão das corridas ao vivo no Brasil, e do canal Carburando, por meio da TyC Sports, na Argentina, para realizar as mudanças.

O comunicado confirmou que, ao menos até o momento, Goiânia vai ser o palco de abertura do campeonato, em fim de semana compartilhado com a Copa Truck. A prova inaugural do TCR Sul-Americano estava marcada para o fim de semana entre 7 e 9 de maio, mas foi postergado em duas semanas, acontecendo entre 22 e 23 do quinto mês.

Chegou ao Brasil a F1 TV Pro. Em parceria com o GRANDE PRÊMIO, a Fórmula 1 vai dar 25% de desconto na assinatura do plano que dá acesso aos testes da pré-temporada, às 23 corridas ao vivo e muito. Clique a página da F1 TV Pro por este link e digite o promo code F1TV25. Mas seja rápido: a promoção vai até 14 de março. 

TCR; TCR SUL-AMERICANO; 2021;
O TCR Sul-Americano anunciou pequenas mudanças no calendário para a temporada de estreia em 2021 (Foto: Divulgação)

O Brasil vai receber as três primeiras provas da competição, com o circuito do Velopark, em Nova Santa Rita — Região Metropolitana de Porto Alegre — como palco da segunda etapa, e o Autódromo Internacional de Curitiba, como local da terceira etapa, uma corrida de longa duração, estimada em 200 km, com a participação de dois pilotos, sendo um titular e um convidado por carro. As datas são as mesmas do cronograma original: 12 e 13 de junho no Velopark, 24 e 25 de julho em Curitiba.

A etapa marcada para Rivera, no Uruguai, próximo à fronteira com o Brasil na cidade de Livramento, no Rio Grande do Sul, segue como a quarta do calendário, mas também sofreu mudanças na sua data, passando do fim de semana entre 30 de julho a 1º de agosto para 28 e 29 do oitavo mês.

As três datas previstas para a Argentina seguem mantidas, mas também com mudanças nas respectivas datas originais. Ainda sem circuitos definidos, o TCR Sul-Americano vai correr no país vizinho na quinta etapa, entre 11 e 12 de setembro, na sexta etapa — que também vai levar o formato de endurance, entre 2 e 3 de outubro —, e nos dias 13 e 14 de novembro, em evento válido pela sétima etapa.

Há um ponto de interrogação sobre a oitava etapa. Temuco, no Chile, estava confirmado como palco da rodada derradeira do campeonato entre 12 e 14 de novembro. Entretanto, o novo calendário aponta que a disputa pode acontecer no Chile ou na Argentina, e a organização frisa que mudanças estão sujeitas em decorrência da situação da pandemia de Covid-19 na região e também das transmissões da categoria. Uma nova data para a última prova da temporada ainda vai ser confirmada, bem como o local das corridas.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

WEB STORIES: Tudo sobre os lançamentos dos carros da F1 2021

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube