Turismo

Com Diego Ramos, Academia Shell Racing mira título da Sprint Race para fechar temporada 2018

Diego Ramos chega à decisão do título da Sprint Race como líder do campeonato e busca, logo no seu ano de estreia, ser campeão da primeira competição de turismo que disputa na carreira

Warm Up / Redação GP, de Sumaré
Depois de ter vivido finais de semana gloriosos em Interlagos com a conquista do título da Porsche Endurance Series com Lico Kaesemodel e Ricardo Zonta, a vitória de Zonta na Stock Car e a coroação de Raphael Reis como novo campeão da Stock Light, a Academia Shell Racing volta ao lendário autódromo paulistano para fechar a temporada 2018 na briga por mais um título para fechar 2018. Diego Ramos encara neste fim de semana a etapa derradeira do campeonato da Sprint Race como líder do campeonato e busca coroar a grande campanha com a taça de campeão logo no seu ano de estreia correndo de turismo. A rodada dupla que vai definir o título da categoria está marcada para sábado (15).
 
Com apenas 16 anos, Diego veio para a Sprint Race como uma temporada de iniciação no turismo depois de uma carreira brilhante e vitoriosa no kartismo. E logo mostrou a que veio: ao todo, foram cinco poles e seis vitórias ao longo do ano, tornando-se o piloto com mais triunfos no campeonato.
Diego Ramos chega a Interlagos para lutar pelo título da Sprint Race (Foto: Rodrigo Guimarães)
Dono de 282 pontos somados, Ramos chega a Interlagos para decidir o título dependendo apenas das próprias forças, sem ter a necessidade de uma combinação de resultados para conquistar a taça. Uma grande amostra da rápida adaptação ao carro, à categoria e também à dinâmica das corridas, bem distintas do que estava acostumado no kartismo.
 
A etapa derradeira de 2018 vai distribuir 100 pontos: 25 na classificação, 25 na primeira corrida e 50 na segunda prova. Ramos está um pouco à frente de pilotos com bastante experiência na competição: Gerson Campos soma 280, enquanto Raphael Campos tem 279 tentos.
 
Diego chega à decisão do título feliz pelo que alcançou até aqui e ciente do que precisa fazer para conquistar a tão almejada taça.
 
“Minha expectativa é alta. Estamos em um ano muito produtivo com cinco poles e seis vitórias, na liderança do campeonato. Agora temos de manter o foco, não errar e terminar à frente dos meus adversários que disputam o título comigo. Se Deus quiser, vamos conseguir levar esse caneco para casa e conseguir mais esse título para a Academia Shell Racing. Espero que dê tudo certo”, declarou o jovem piloto, dono do carro #113.
 
O treino classificatório, que já vai mexer na classificação do campeonato por valer pontuação, acontece na sexta-feira em Interlagos. No sábado pela manhã está prevista a primeira prova do fim de semana, enquanto a rodada dupla vai ser completada no período da tarde com a corrida que vai marcar o desfecho da temporada 2018 da Sprint Race.