F1
10/07/2018 12:30

Após acusações e desculpas, Hamilton valoriza “grande” 2º lugar conquistado em Silverstone

Lewis Hamilton reagiu do fundo do grid para o segundo lugar na Inglaterra e valorizou bastante a recuperação e, principalmente, o fato de não ter deixado Sebastian Vettel escapar na liderança do campeonato
Warm Up / Redação GP,  de São Paulo
 Lewis Hamilton (Foto: AFP)

Lewis Hamilton mudou bastante o discurso desde o final do GP da Inglaterra. Após se recusar a falar no término da corrida e, posteriormente, insinuar que Kimi Räikkönen o acertou de propósito na largada em Silverstone, o britânico trocou o tom. Se desculpou e, desta vez, preferiu valorizar a segunda colocação após cair para o fundo do pelotão.
 
Lewis destacou que o carro da Mercedes ficou inteiro mesmo após a batida com Räikkönen e também o quanto está sofrendo para segurar Sebastian Vettel.
 
"Estamos em uma disputa muito dura esse ano, a mais dura que eu poderia imaginar aqui. Fiquei muito feliz que o carro sobreviveu inteiro ao contato da primeira curva. Na hora, parecia que tinha dado algo na traseira, mas vi depois que não e senti durante a corrida que o carro só melhorava", disse.
Lewis Hamilton agora tem valorizado o segundo lugar em Silverstone (Foto: AFP)

Hamilton lembrou que foi parar em 18º quando foi tocado pelo finlandês e que havia grande chance de deixar a corrida de casa com um tremendo revés no campeonato. No entanto, reagiu e segue firme no jogo.
 
"Sinceramente, chegar em segundo foi algo bem grande para nós. Preciso ficar feliz com isso e também feliz por ter guiado do jeito que eu guiei. Estava em último, mas seguia achando que poderia vencer. Preciso dessa mentalidade", seguiu.
 
Hamilton segue na vice-liderança do campeonato e apenas oito pontos atrás de Vettel. Já são 59 pontos de frente para o companheiro Valtteri Bottas.