DTM espera atrair Chevrolet, Ford e Chrysler com lançamento de versão norte-americana da categoria

Prevista para acontecer a partir de 2015, a versão norte-americana do DTM é também uma tentativa da categoria conqusitar novas montadoras. Próximo passo, segundo dirigente, é convidar as três grandes de Detroit a conhecer os bastidores do certame

A ITR, empresa detentora dos direitos comerciais do DTM, já conversou com as três grandes montadoras dos Estados Unidos para tentar atraí-las para a versão norte-americana da categoria, revelou o presidente Hans Werner Aufretch. O novo campeonato, previsto para 2015, foi anunciado nesta quarta-feira (27) e deve acompanhar o calendário da United Sportscar, resultado da fusão da Grand-Am com a ALMS.

Como o regulamento técnico será o mesmo da versão original, a alemã, as marcas estadunidenses também poderão levar seus carros para competir em solo europeu – de certa forma, um acordo semelhante ao que o DTM firmou no ano passado com o Super GT, válido a partir de 2014 e que abre as portas da categoria para Honda, Toyota e Nissan.

Versão norte-americana do DTM deve estrear em 2015 (Foto: DTM)

“Nós já tivemos conversas com as três grandes montadoras americanas”, declarou Aufretch, referindo-se a Chevrolet, Ford e Chrysler (dona da Dodge). “Agora temos que oferecer a esses colegas a oportunidade de olhar atrás das cortinas do DTM. Isso certamente vai acontecer no início da temporada, em 5 de maio, em Hockenheim”, continuou o dirigente.

“Assim como as marcas alemãs entram em mercados importantes ao redor do mundo, as marcas americanas e japonesas têm o objetivo de fazer uma aparição no mercado alemão”, acrescentou Aufretch.

O germânico minimizou a necessidade que as montadoras estão tendo, nos tempos atuais, de reduzir os custos. “Isso não significa que oportunidades não possam ser oferecidas a elas”, concluiu.

No fim de 2011, a parceria com a Grand-Am (gerida pela Nascar) e o DTM já havia sido anunciada, com a previsão de lançar o campeonato em 2014, porém, as partes não conseguiram cumprir esse cronograma em tempo.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube