Murray defende título de ‘Sir’ para Hamilton: “Merece pelo que alcançou e defende”

Lewis Hamilton deve receber o título de 'Sir' no Reino Unido ao final de 2020 - e tem gente grande no esporte defendendo que isso deve, de fato, ocorrer

De acordo com o jornal The Sun, Lewis Hamilton enfim receberá o título de Cavaleiro da Ordem do Império Britânico e será chamado de ‘Sir’, honraria para poucos na história do esporte a motor, a partir do final do ano. E Andy Murray, tenista e outro atleta local que possui tal nomenclatura, defendeu a escolha.

Murray recebeu o título em 2016, ano em que ganhou seu terceiro (e último, até o momento) Grand Slam, o tipo de torneio mais importante do tênis – já Hamilton precisou esperar sete títulos mundiais para enfim ser lembrado.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Hamilton conquistou o sétimo título mundial em 2020 (Foto: Beto Issa)

“Não acho que todos os esportistas merecem receber o título pelo que fazem, mas pelo que alcançou como atleta, Hamilton merece, sim”, disse Murray ao programa ‘Good Morning Britain’.

“Como alguém do esporte, ele é uma das pessoas mais bem sucedidas na história do país. Ele é um piloto fantástico. Ele apoia grandes causas, também, longe da pista. Então, sim, eu diria, definitivamente, que ele merece pelo seu sucesso”, completou o tenista.

Ao receber a honraria, Hamilton será apenas o terceiro piloto da Fórmula 1 a receber o chamado CBE. Stirling Moss, em 2000, e Jackie Stewart, em 2001, receberam a honraria antes. Outras figuras lendárias da Fórmula 1 também têm o título de ‘Sir’, como Frank Williams, Colin Chapman, Patrick Head e Ron Dennis.

Stewart, em 1965, foi nomeado Oficial da Ordem do Império Britânico (OBE). Anos depois, Graham Hill, Nigel Mansell e Damon Hill receberam o reconhecimento da Família Real Britânica.

Hamilton já recebeu uma honraria do Império Britânico. Ao lado de Jenson Button, o heptacampeão mundial obteve, em 2009, o título de Membro da Ordem do Império Britânico. À época, Lewis tinha o título da temporada anterior, 2008, no currículo, depois da batalha inesquecível que culminou com a conquista no GP do Brasil daquele ano, em Interlagos.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube