F1
16/08/2018 09:20

Após saída de Alonso, McLaren confirma contratação de Sainz para temporada 2019 da F1

Carlos Sainz Jr. tem casa nova para 2019. Após breve passagem pela Renault, o espanhol foi escolhido como substituto de Fernando Alonso, de partida para a Indy. O segundo piloto da McLaren segue indefinido
Warm Up / VITOR FAZIO, de Porto Alegre
 Carlos Sainz (Foto: Renault)
Um espanhol saiu, mas outro já está de chegada. A McLaren anunciou nesta quinta-feira (16) a contratação de Carlos Sainz Jr. como piloto para a temporada 2019, ocupando o posto deixado por Fernando Alonso, de saída para a Indy. A equipe não entrou em detalhes sobre a duração do acordo com o piloto de 23 anos.

"Estou feliz em finalmente poder confirmar que serei um piloto da McLaren em 2019", disse Sainz. "É algo que estava esperando fazia algum tempo e estou bem animado para o próximo capítulo da minha carreira. Sou fã da McLaren há muito tempo. É um grande nome do esporte, uma equipe com uma história incrível e cheia de pilotos no passado que foram heróis. Fernando, é claro, está entre eles, então é particularmente especial que eu esteja entrando na vaga dele e mantendo a sequência de espanhóis no cockpit da McLaren. Também gostaria de agradecer a todos pela oportunidade de completar um sonho de infância. A equipe tem um plano de sucesso a longo prazo e quero participar dele", seguiu.
Carlos Sainz deixa a Renault para defender a McLaren (Foto: Renault)
"Estamos incrivelmente animados em ter Carlos se juntando a nós como um piloto da McLaren", comentou Zak Brown, chefe da McLaren. Estamos acompanhando ele faz tempo e achamos um dos grandes nomes da nova geração da F1. Ele nos traz a mistura perfeita de juventude e experiência. Tem apenas 23 anos, mas já vai para a quinta temporada na F1 e também conhece a nossa parceira Renault. Não é segredo que ele é fã do Alonso e isso cabe bem para o momento de substituir a lenda espanhola. Achamos que ele vai ser um grande reforço e estamos animados para o ano que vem e além", apontou.

Sainz chega na McLaren após passagens por Toro Rosso e Renault. Na equipe italiana, causou boa impressão e expectativas, mas que não se concretizaram na transferência para a esquadra francesa, onde encontra dificuldades para acompanhar o desempenho de Nico Hülkenberg. A briga interna tem placar de 55 x 30, favorável ao alemão. Em 2019, portanto, Carlos vai buscar se reafirmar na F1 ao mesmo tempo que ajuda a McLaren a reencontrar o caminho das glórias.
Carlos Sainz é o único piloto confirmado pela McLaren até aqui (Foto: Renault)
Sainz floresceu dentro do programa de pilotos da Red Bull. Filho do bicampeão mundial de rali com o mesmo nome, Carlos cresceu rapidamente nas categorias de formatórias do automobilismo. O ano de consolidação foi 2014, quando o espanhol venceu a World Series com certa facilidade, derrotando Pierre Gasly no processo. O título foi a chave para entrar na F1 em 2015, iniciando uma trajetória de três temporadas na Toro Rosso.

Sainz é, até aqui, o único piloto confirmado pela McLaren para 2019. A segunda vaga ainda é alvo de disputa e especulação: Stoffel Vandoorne, atual titular, vive um 2018 abaixo das expectativas e corre o risco de não ter contrato renovado. Uma alternativa ao belga é Lando Norris, segundo colocado na temporada da F2 e atual pupilo da equipe de Woking.