Bottas cita zebra molhada e lamenta acidente no Q3 em Melbourne: “Acontece quando você tenta ir ao limite”

Valtteri Bottas quis forçar na primeira volta rápida do Q3, mas perdeu controle e bateu com força. O finlandês admite que exagerou, mas conta também que um trecho úmido na zebra das curvas 1 e 2 dificultou ainda mais a missão de segurar o carro

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Valtteri Bottas começou a temporada 2018 da pior forma possível. O finlandês sofreu um forte acidente no Q3 do treino classificatório deste sábado (24) após forçar demais em uma volta rápida, resultando na 15ª posição no grid de largada. O piloto reconhece que cometeu um erro em Melbourne, mas revela que um trecho molhado na zebra das curvas 1 e 2 dificultou ainda mais a missão de segurar o carro.
 
“Ainda estava um pouco molhado e perdi a traseira do carro”, contou Bottas, entrevistado pela TV espanhola ‘Movistar+ F1’. “Aconteceu tão rápido que não pude fazer nada, simplesmente fui contra o muro e acabou. Temos um carro muito bom, muito rápido na classificação. Vai ser muito difícil amanhã, mas vamos com um espírito combativo para fazer o melhor possível”, seguiu.
 
A zebra molhada é consequência da chuva matinal que atingiu Melbourne. A maior parte do terceiro treino livre aconteceu com condições para pneus intermediários. A pista secou em seguida, enquanto a beira seguiu úmida.
Bottas sofreu um forte acidente no Q3 da Austrália (Foto: Reprodução)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Bottas perdeu controle em um trecho de pequena área de escape, o que resultou em grandes danos na Mercedes W09, principalmente na traseira. O carro do finlandês ficou com a caixa de câmbio danificada, exigindo uma troca que custa cinco posições no grid de largada. Assim, Valtteri larga apenas em 15º.
 
Mesmo que 2018 comece de forma adversa, Bottas tenta não abaixar a cabeça. O finlandês se vê “otimista” a respeito das chances de reação na corrida.
 
“Claro que não foi a melhor forma de começar o ano. Eu estava tentando e, quando você tenta ir ao limite, pode acontecer esse tipo de coisa. É uma pena, mas temos um bom carro e estou otimista. Meu companheiro é o pole, mas não vou desistir hoje. Amanhã vou fazer meu melhor e conseguir o máximo possível”, garantiu.
 
Enquanto Bottas voltava aos boxes caminhando, o companheiro Lewis Hamilton garantia uma pole-position maiúscula. O britânico despachou a Ferrari após encontrar uma volta próxima da perfeição no Q3.
 
O GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e em TEMPO REAL todo o fim de semana do GP da Austrália, etapa de abertura da temporada 2018 da F1.
 
”RECOMEÇA A BRIGA”

MERCEDES COMEÇA TEMPORADA AINDA À FRENTE DA FERRARI

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube