Bottas põe vaga na Audi como “objetivo”, mas abre porta para retorno à Mercedes

Piloto da Mercedes entre 2017 e 2021, Valtteri Bottas admitiu que não há nada que impeça um possível retorno à equipe alemã e revelou surpresa com mudança de Lewis Hamilton para a Ferrari

A bombástica notícia sobre a decisão de Lewis Hamilton de sair da Mercedes e ir para a Ferrari em 2025, anunciada na semana passada, abalou o mundo do automobilismo. Com a inesperada perda do heptacampeão, o time de Brackley se vê forçado a ir atrás de um novo companheiro de equipe para George Russell a partir da próxima temporada. Valtteri Bottas, que dividiu a garagem das Flechas de Prata com Lewis durante cinco anos, revelou que não há nada que o impeça de retornar à equipe chefiada por Toto Wolff, mas reafirmou seu compromisso com o projeto da Audi para 2026.

O nome do finlandês não aparece na lista dos principais especulados para assumir a vaga de Hamilton na Mercedes no ano que vem, mas mesmo assim Valtteri frisou que não guarda mágoas da equipe e que ainda tem um bom relacionamento com Wolff.

“Até onde eu sei, não há nada que impeça um eventual retorno”, admitiu Bottas durante uma entrevista realizada após o evento de apresentação do novo carro da Sauber para 2024, a C44, em Londres, na noite da última segunda-feira (5). “Na verdade, eu estava em Brackley no dia anterior [ao anúncio de Hamilton na Ferrari]”, revelou, antes de acrescentar: “Não na fábrica da Mercedes, mas eu estava lá fazendo outras coisas.”

Mesmo assim, o dono do carro #77 foi questionado sobre uma possível conversa com Wolff nos últimos dias, sobre a qual negou. “Não, ainda não conversei por telefone com Toto”, garantiu.

Bottas negou conversa com Wolff sobre assumir vaga de Hamilton na Mercedes em 2025 (Foto: Reprodução)

“E seu eu voltasse… Bem, obviamente, minha prioridade e maior compromisso é o projeto da Audi, que é o meu objetivo”, esclareceu o companheiro de Guanyu Zhou. “Mas, se isso não acontecer, talvez não houvesse um time para o qual eu não iria. Conheço minhas prioridades e tenho minha lista”, acrescentou.

Entre 2017 e 2021, Bottas compartilhou diariamente a rotina de trabalho com Hamilton, quando ambos ainda eram colegas na equipe alemã. O finlandês admitiu surpresa com a notícia da mudança do piloto de 39 anos para a Ferrari em 2025, mas reconheceu que o movimento será bom para a Fórmula 1.

“Nunca imaginei que isso aconteceria. E também o momento em que isso aconteceria. Mas estou feliz por ele”, revelou Valtteri. “Acho que é um grande desafio. Tenho certeza de que há uma grande motivação para levar a Ferrari ao topo.”

“É uma ótima oportunidade e uma mudança enorme. Com certeza criará um movimento forte no mercado de pilotos, o que é bom para todo o esporte e para alguns pilotos também”, completou.

Na temporada passada, a Sauber terminou o Mundial de Construtores na nona posição, com 16 pontos somados. A equipe chefiada por Alessandro Alunni Bravi espera dar um passo à frente com a C44, carro da temporada que foi apresentado na última segunda-feira.

Fórmula 1 retorna às pistas de 21 a 23 de fevereiro, com os testes coletivos da pré-temporada no Bahrein, no circuito de Sakhir.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra, Escanteio SP e Teleguiado.