Button nega que saída de Lowe seja razão da má performance em 2013 e defende Whitmarsh: "Grande líder"

Jenson Button afirmou que a saída de Paddy Lowe, ex-diretor-técnico da McLaren, não é a principal causa dos problemas enfrentados pela equipe britânica em 2013 e voltou a defender o chefe Martin Whitmarsh

Jenson Button negou que a saída de Paddy Lowe, ex-diretor-técnico da McLaren, seja a principal causa dos problemas enfrentados pela equipe inglesa em 2013. No início do ano, Lowe decidiu trocar o time de Woking pela Mercedes.

Jenson Button defendeu o chefe Martin Whitmarsh (Foto: Getty Images)

Aos 51 anos, o engenheiro, que estava na equipe britânica desde 1993, foi beneficiado por um acordo entre seu ex-time e a Mercedes, que conseguiu sua liberação já na metade do ano. O inglês começou na nova escuderia em 3 de junho, depois de passar os primeiros meses do ano afastado do trabalho.

"Não, não penso assim", disse Button em entrevista coletiva. "Paddy é um grande cara, mas não acho que apenas uma pessoa é responsável pela nossa má performance. Nosso erro foi no ano passado, quando decidimos seguir um caminho diferente no projeto deste carro. Agora, tentar retomar um caminho de volta desse ponto é que está sendo difícil", completou.

Button também evitou falar em crise ou em achar um culpado para os contratempos da McLaren. "Para o piloto, dizer que alguém é culpado e pedir sua demissão é uma atitude errada. Você assusta as pessoas agindo assim. O que está acontecendo não é culpa de uma única pessoa", afirmou.

Mais uma vez, o campeão de 2009 defendeu e mostrou confiança no trabalho do chefe da equipe, Martin Whitmarsh. "Ele é uma grande pessoa. Tudo isso também é muito difícil para ele, no momento. Mas Martin não vai apontar ninguém como culpado. Ele vai assumir culpa, porque é um grande líder", acrescentou.

Na atual temporada, a McLaren está longe da briga por vitórias e é apenas a sexta colocada no Mundial de Construtores, com 37 pontos, 164 atrás da líder Red Bull.

GRANDE PRÊMIO acompanha ‘in loco’ o GP da Inglaterra, direto do circuito de Silverstone neste final de semana, com o repórter Renan do Couto

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube