‘Caso Horner’ pode arruinar domínio de Red Bull e Verstappen na F1

A investigação interna que a Red Bull conduz sobre uma possível conduta imprópria de Christian Horner tem condições de abalar estruturas

A investigação interna que a Red Bull conduz sobre uma possível conduta imprópria de Christian Horner, chefe da equipe na Fórmula 1 há quase 20 anos, tem condições de abalar estruturas. Caso a Red Bull defina pela saída imediata de Horner, é possível que seja o começo de um desabamento de castelo de cartas que mude os rumos e acaba com o domínio atual da Era Verstappen.

Embora Horner tenha relação fraturada com o consultor Helmut Marko, sabe-se bem que Adrian Newey, mago técnico que está ao lado da Red Bull também há duas décadas, é ligado a Horner. Assim como ninguém sabe muito bem como será a reação da matriz da Red Bull com a equipe de F1 caso um escândalo se conecte a uma queda esportiva. Afinal, desde a morte de Dietrich Mateschitz, o caminho tem sido, ao menos na maior parte, suave para os austríacos.

E agora? É o que questiona Pedro Henrique Marum.

Fórmula 1 retorna às pistas de 21 a 23 de fevereiro, com os testes coletivos da pré-temporada no Bahrein, no circuito de Sakhir.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra, Escanteio SP e Teleguiado.