Leclerc lamenta 2º lugar, mas enaltece corrida em Jedá: “Todas deveriam ser assim”

Charles Leclerc travou nova batalha com Max Verstappen pela liderança, desta vez na Arábia Saudita, mas neerlandês levou a melhor e monegasco lamentou resultado apertado

FÓRMULA 1 2022 AO VIVO: TUDO SOBRE O GP DA ARÁBIA SAUDITA DE F1 | Briefing

Charles Leclerc chegou perto de conseguir a segunda vitória da Ferrari em duas corridas na temporada 2022 da Fórmula 1, mas acabou sofrendo um revés para Max Verstappen já na reta final da disputa e perdeu a primeira colocação para o atual campeão mundial. Após a corrida, o monegasco admitiu a decepção com o resultado, mas enalteceu a batalha travada com o neerlandês na pista.

“Foi, sim [uma grande corrida]. Não foi o suficiente hoje, mas meu Deus, eu realmente aproveitei essa corrida”, afirmou Leclerc logo após o encerramento da disputa. “Foi dura, porém justa, e todas as corridas deveriam ser assim. Mas fico desapontado, porque queria vencer hoje”, lamentou.

Após largar na segunda colocação, Leclerc conseguiu se beneficiar da entrada de um safety-car após Nicholas Latifi atingir o muro com sua Williams na volta 16 e tomou a liderança — que até aquele momento, era mantida com segurança pelo pole Sergio Pérez.

Charles Leclerc segurou Verstappen por boa parte da corrida, mas campeão mundial foi melhor no final (Foto: Ferrari)

No entanto, Verstappen conseguiu encostar após mais uma intervenção de bandeira amarela — dessa vez com um safety-car virtual — e levou a batalha pela liderança a Leclerc, que conseguiu segurar a ponta por algumas voltas — inclusive gerando uma cena curiosa entre os dois, que frearam antes da zona de detecção da asa móvel para não darem a vantagem ao rival.

Algumas voltas depois, entretanto, Max conseguiu se aproximar novamente da Ferrari #16 e fazer a ultrapassagem que garantiu sua primeira vitória na temporada 2022. Charles, por sua vez, não conseguiu dar o troco, e acredita que a configuração oposta ao carro da Red Bull pode ter sido determinante para o resultado.

“Tínhamos duas configurações completamente diferentes entre Max [Verstappen], ‘Checo’ [Pérez] e as duas Ferrari”, revelou o atual líder do campeonato. “Optamos por usar mais aerodinâmica, então éramos rápidos nas curvas, porém mais lentos nas retas. E ficou muito difícil conseguir segurar o Max nas retas assim”, explicou.

Charles Leclerc se mantém na liderança do Mundial de Pilotos com o segundo lugar em Jedá (Foto: Ferrari)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Por fim, questionado por David Coulthard se o respeito existe entre Leclerc e Verstappen — até o momento, a grande rivalidade de 2022 dentro das pistas —, o monegasco afirmou que corridas como a de Jedá comprovam que os dois competidores vão até o limite, mas mantém o respeito — um pouco diferente do que foi o ano passado na F1.

“Sempre esteve lá [o respeito entre ele e Verstappen], especialmente quando você termina uma corrida dessa forma”, salientou. “Estamos em uma pista de rua, acelerando e forçando até o limite absoluto, como fiz em raras ocasiões na vida, então existe respeito. Mas sigo desapontado”, encerrou.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar