Chefe da Red Bull confia que Verstappen “não vai ativar cláusula” para sair em 2022

Christian Horner, chefe da Red Bull, admite que Max Verstappen é o principal nome da Mercedes para substituir Lewis Hamilton se o inglês sair da Fórmula 1 em 2022, mas confia na permanência do jovem holandês

A Red Bull vive semanas agitadas. Depois da aprovação do congelamento dos motores, solicitado pela equipe, anunciou oficialmente que vai fabricar as unidades de potência com tecnologia da Honda a partir de 2022. Além disso, o consultor Helmut Marko confirmou uma cláusula existente que permite a saída de Max Verstappen no fim do ano, agitando os bastidores da Fórmula 1.

Com a dupla da Mercedes, atualmente formada por Lewis Hamilton e Valtteri Bottas, com contratos encerrando no dim deste ano, as especulações em torno de uma possível mudança de Verstappen para o time de Woking agitaram os fãs da F1. Para Christian Horner, a decisão é compreensível, ainda mais se o heptacampeão mundial deixar a categoria.

“Estou certo de que se o Lewis [Hamilton] decidir sair, o Max [Verstappen] claramente estará no topo da lista da Mercedes. A realidade é que, sim, claro, existem cláusulas relacionadas à performance no contrato do Max”, disse o chefe da Red Bull ao jornal Independent.

Christian Horner acredita que Verstappen vai seguir na equipe em 2022 (Foto: Red Bull Content Pool)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“O ponto é que você não deveria forçar um piloto a ficar onde ele não quer. Estou confiante de que não vai ativar a cláusula contratual. Vai depender se nós vamos entregar um carro competitivo”, completou.

A informação veio inicialmente do site alemão F1-Insider, que questionou Marko após ser informado que o gatilho no contrato é real. O austríaco, braço direito da Dietrich Mateschitz, dono da companhia dos energéticos, confirmou.

“Sim, existe uma cláusula de desempenho. Não quero entrar em detalhes, mas diz, mais ou menos, que Max pode competir por vitórias e o título mundial por méritos próprios. Se ele fizer isso, o contrato é estendido. Se não fizer, estaria livre”, disse ao site.

Ouça os programas do GRANDE PRÊMIO no formato de podcast:
Anchor | Apple | Spotify | Google | Pocket Cast | Radio Public | Breaker

Siga o GRANDE PRÊMIO nas redes sociais:
YouTube | Facebook | Twitter Instagram | Pinterest | Twitch | DailyMotion

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube