Chefe reconhece deficiências, mas elogia esforço e diz que primeira parte de temporada da Red Bull foi notável

Chefe da Red Bull, Christian Horner reconheceu que a equipe não está onde gostaria, mas disse que a primeira parte da temporada 2014 foi melhor do que esperado, devido às deficiências e problemas de confiabilidade que marcaram o início dos trabalhos neste ano

A Red Bull fez muito mais do que o esperado nesta primeira fase da temporada 2014, apesar de ter mostrado um desempenho bastante inferior ao apresentado em anos anteriores na F1. A opinião é do chefe da esquadra dos energéticos, Christian Horner.

Depois de dominar e vencer os últimos quatro campeonatos, a equipe austríaca ainda não foi capaz de entrar na briga direta com a Mercedes e ocupa um distante segundo lugar entre os construtores — a desvantagem para a líder prateada é de 174 pontos. Mesmo assim, os atuais campeões somam duas vitórias em 2014. Por isso, Horner acredita que, dada as limitações do motor Renault, o time vive uma temporada forte.

Christian Horner acha que Red Bull teve primeira parte de temporada notável (Foto: Getty Images)

"Em comparação com a teórica deficiência em relação ao motor, é notável o quanto nós melhoramos nesta primeira fase do campeonato", disse o inglês em declaração ao site da revista 'Autosport'.

"Vencer duas vezes, largar na primeira fila, conseguir pódios. Tudo isso foi incrível, considerando todas as coisas. Obviamente, não é onde nós estávamos acostumados a ficar, mas a equipe tem demonstrado um caráter excepcional para ir fundo e se recuperar. Portanto, há uma enorme quantidade de pontos positivos que podemos tirar dessa primeira parte da temporada", completou.

O dirigente ainda disse que as melhorias feitas pela Renault serão um dos pontos chave para que a Red Bull consiga brigar entre os ponteiros na segunda metade do campeonato. "Temos de nos certificar que estamos reduzindo essa diferença em termos de força para a segunda parte do ano", falou.

"A coisa mais animadora é que houve mudanças na Renault. Eles se mostraram abertos e entenderam que existiam problemas e agora estão trabalhando melhorar. Eles estão tentando melhorar em todas as áreas. É claro que não vão conseguir anular o déficit de potência do dia para a noite, mas eles podem conseguir aperfeiçoar algumas coisas", concluiu.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar