Consultor ignora 4° lugar de Kvyat e diz que planos da AlphaTauri “seguem os mesmos”

Daniil Kvyat pode ter esperanças de seguir na AlphaTauri na próxima temporada, mas os planos sofreram baque após o GP da Emília-Romanha, mesmo com o bom resultado

Os planos da Red Bull são confusos, mas parece haver algum limite: nem o quarto lugar no GP da Emília-Romanha deve salvar o lugar de Daniil Kvyat na AlphaTauri para 2021.

É o que deixou claro Helmut Marko, consultor dos touros, à Sky Alemanha no último domingo. Com Pierre Gasly garantido na segunda equipe da marca no ano que vem, o russo parece já ter perdido a briga para ser companheiro do francês, independentemente do desempenho em Ímola.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Daniil Kvyat conseguiu ótimo resultado em Ímola (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)

Questionado sobre se o resultado de Kvyat dava sobrevida a ele na AlphaTauri, Marko foi claro: “Não. Foi um bom desempenho, mas não vai ajudar em seu futuro, ou em se posicionar para o futuro. Nada muda em nossos planos para 2021”, afirmou o dirigente.

Isso um dia depois de Marko comentar que Gasly precisa ficar na segunda equipe “pois provavelmente terá como companheiro alguém jovem” – no caso, deve ser Yuki Tsunoda, atualmente na F2 e piloto do programa da Red Bull.

Desta forma, sobraria apenas uma possibilidade de Kvyat continuar no grid da próxima temporada: uma vaga na Haas, que ainda não anunciou nenhum de seus pilotos para 2021.

Enquanto isso, ele vai se defendendo: “Eu, como piloto, tenho me sentido melhor com o carro ao longo do ano. Sei que algumas vamos entendendo, mas queria que tivesse entendido isso antes. Desde Spa [no GP da Bélgica], me aproximei do Pierre [Gasly]”, comentou logo após o quarto posto.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube