De olho no tetra, Hamilton garante que “há mais por vir”, mas alerta para desempenho da Ferrari na Austrália

Lewis Hamilton abre a temporada 2016 como franco favorito ao título do Mundial de F1 e deixou claro que não vai se acomodar tampouco deixar de explorar seus limites. Mas o britânico demonstrou que espera uma Ferrari muito melhor e mais forte neste ano

Na primeira entrevista coletiva oficial da temporada 2016 do Mundial de F1, na quinta-feira (17) que antecede a abertura dos trabalhos do fim de semana do GP da Austrália, Lewis Hamilton falou aos jornalistas ao lado do piloto da casa, Daniel Ricciardo, além de Sebastian Vettel, Jolyon Palmer, Rio Haryanto e Esteban Gutiérrez. O tricampeão do mundo abre 2016 como grande favorito ao tetra e avisou que não há espaço para comodismo e que o melhor está por vir. Contudo, o britânico de 31 anos alertou para o crescimento da Ferrari e acha que os rivais estão escondendo o jogo.
 
No começo da entrevista, Lewis foi questionado sobre uma declaração no qual disse que “ainda há mais por vir” de uma prévia divulgada pela Mercedes às vésperas do GP da Austrália, mas o piloto disse que não se lembrava do que havia dito. Mas Hamilton confirmou que espera ainda mais dele em 2016 depois de um grande ano que marcou a conquista do tri.
Lewis Hamilton nesta quinta-feira em Melbourne (Foto: Getty Images)
“É mentalmente difícil, mas isso é uma coisa boa, já que obriga a pessoa a ser resiliente e buscar melhorar em todas as áreas. Sei que ainda há mais por vir de mim. Sempre vou com a meta de elevar meus limites a cada vez que saio com o carro”, declarou o piloto do carro #44.
 
Hamilton foi questionado sobre o programa peculiar escolhido pela Mercedes durante os testes de pré-temporada. A equipe priorizou a busca pela confiabilidade com o novo W07 e pouco testou o novo carro em ritmo de classificação. Lewis avisou que prefere buscar seu limite ao máximo e também do carro, mas disse entender os motivos da sua equipe.
 
“Definitivamente. A busca pelo desempenho é sempre mais divertida, ao passo que os long-runs demandam tempo. Mas nós fizemos o que tínhamos de fazer, fomos para os testes com o objetivo de fazer 800 km por dia, mas a gente não achava que conseguiria fazer isso”, disse, surpreso com a confiabilidade de um carro que apresentou poucos problemas em Barcelona.
 
Ao falar sobre o que espera da Ferrari, Hamilton fez um alerta e deixou claro que acredita que os rivais de Maranello vão representar uma ameaça real ao domínio da Mercedes. Inclusive, Lewis acredita que a equipe de Sebastian Vettel não mostrou nem de longe seu potencial.
 
“Acho que neste ano o pelotão parece estar um pouco mais perto. Acho que eles têm algo na manga para este fim de semana. Acho que eles têm muito mais a mostrar do que estão falando. Eles chegaram de mansinho, mas estão para mostrar algo grande”, comentou.
VEJA A EDIÇÃO #20 DO PADDOCK GP, QUE ABORDA F1, MOTOGP, INDY E F-E

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube