Em Mugello “fenomenal”, Hamilton vibra e diz que “é insano ter 90 vitórias”

Apenas uma vitória atrás de Michael Schumacher, piloto inglês ainda acha que é insano ter 90 delas. Sem ignorar lado social, levou mais uma manifestação importante ao pódio

Já são 90 vitórias. Lewis Hamilton largou mal, mas assim que foi possível, após todas as confusões que se colocaram, tomou a dianteira de volta e venceu o GP da Toscana deste domingo (13). Com tamanha vantagem no campeonato, a única rival dele é a história. Como ele mesmo afirmou, “é insano ter 90 vitórias”.

Valtteri Bottas largou melhor e precisou relargar parado na frente. Para evitar o mergulho de Hamilton fez o pelotão ficar lento e causou um efeito dominó que terminou em acidente generalizado e bandeira vermelha. Quando enfim a corrida voltou, Lewis facilmente contornou na frente.

Apesar do calor e da companhia real de Bottas, seguiu para mais um triunfo no Mundial de F1.

LEWIS HAMILTON; FÓRMULA 1; BREONNA TAYLOR; PROTESTO; GP DA TOSCANA; MUGELLO;
Lewis Hamilton protesta no topo do pódio do GP da Toscana de Fórmula 1 (Foto: Reprodução)

“Foi tudo meio louco, tivemos três corridas em um dia. Mas foi incrível aqui hoje, obviamente não largamos bem”, disse.

“A pista é fenomenal. Claro que o calor e segurar Valtteri Bottas, que foi rápido por todo o fim de semana, não foi fácil, e eu comecei atrás. Em todas essas relargadas, o foco que a gente precisa nesse momento, é muito, muito difícil”, finalizou.

“É insano estar aqui e terminar com 90 vitórias”, falou.

Ainda dedicou a vitória a Breonna Taylor, mulher preta assassinada pela polícia de Louisville, estado de Kentucky, nos Estados Unidos, em março deste ano. Lewis também foi ao pódio usando camisa que pedia prisão aos policiais que mataram a paramédica em sua casa após invadirem sem que se anunciassem.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube