F1 oficializa mudança e passa sprint para antes da classificação das corridas em 2024

A FIA oficializou a alteração pedida por equipes e pilotos e, a partir de 2024, os finais de semana de sprint na F1 terão todas as atividades mais curtas antes da classificação da prova principal

A F1 ouviu pilotos e equipes e decidiu inverter o cronograma dos finais de semana de sprints. Na primeira reunião da Comissão da categoria na FIA em 2024, realizada nesta segunda-feira (5), em Londres, ficou decidido que a corrida sprint seguirá aos sábados, mas pela manhã, agora antes da classificação da prova principal.

A mexida na programação era algo clamado por times e pilotos, que chegaram a dar declarações mais fortes contra as sprints em 2023, pela previsibilidade que os finais de semana estavam tomando e, especialmente, por questões de parque fechado e eventuais mudanças para a corrida principal.

Desta forma, com a mudança, os finais de semana de sprint na F1 2024 ficam assim: na sexta-feira, TL1 e classificação da sprint; no sábado, a corrida sprint pela manhã e a classificação pela tarde, enquanto o domingo segue de corrida.

O GP da China será o primeiro a receber uma corrida sprint nesta temporada, no fim de semana de 19 a 21 de abril. Miami aparece na sequência, com etapa prevista para acontecer entre 3 e 5 de maio, enquanto a Áustria será a terceira parada das provas curtas, entre 28 e 30 de junho.

As sprint vão passar para antes das classificações aos sábados (Foto: AFP)

Já na segunda metade do ano, Austin, que recebe o GP dos Estados Unidos, realizará a quarta sprint do ano, entre 18 e 20 de outubro e o GP de São Paulo, que hospeda a penúltima prova do tipo na temporada entre 1º e 3 de novembro. Por fim, o GP do Catar fecha a lista com a sexta preliminar entre os dias 29 de novembro e 1º de dezembro.

Além da resolução a respeito das sprints, a comissão também tomou decisões importantes em mais dois temas: os pilotos voltam a ter quatro motores como limite antes de punições em uma temporada e, nas corridas, o DRS vai poder ser acionado após uma volta da largada e não mais duas.

Confira a decisão divulgada pela FIA

Após o apoio anterior da Comissão de F1 para uma atualização do fim de semana do sprint, houve acordo para uma reordenação das sessões, com o treino livre 1 e a classificação da sprint ocorrendo na sexta-feira, a corrida curta e a classificação do GP no sábado e o GP no domingo.

Os ajustes regulatórios para essas mudanças serão apresentados ao Conselho Mundial de Automobilismo (WMSC) em 28 de fevereiro.

Foi acordada uma proposta para aumentar a alocação de unidades de potência para quatro por piloto para as temporadas de 2024 e 2025.

A ativação do DRS para a corrida será antecipada para uma volta, em vez de duas voltas após o início da corrida, ou o reinício após um safety-car.

A Comissão também discutiu uma série de temas relacionados com o Regulamento de 2026, em particular questões financeiras e de sustentabilidade. E outras pequenas atualizações do Regulamento Técnico, Desportivo e Financeiro de 2024 foram aprovadas pela Comissão.

Fórmula 1 retorna às pistas de 21 a 23 de fevereiro, com os testes coletivos da pré-temporada no Bahrein, no circuito de Sakhir.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra, Escanteio SP e Teleguiado.