FIA prepara minuto de aplausos no grid em Cingapura em homenagem a Sid Watkins, ex-médico-chefe da F1

A FIA preparou uma homenagem ao médico Sid Watkins em Cingapura. Pilotos e equipes vao fazer um minuto de aplausos a Watkins antes da largada do GP em Marina Bay. O ex-médico-chefe da F1 morreu na semana passada, aos 84 anos

 

O professor Sid Watkins será lembrado neste final de semana em Cingapura, onde a F1 desembarcou para a 14ª etapa do Mundial. Watkins, que durante quase três décadas foi o médico-chefe da F1 e um dos principais responsáveis por diversas medidas inovadoras de segurança na categoria máxima do automobilismo, morreu na semana passada, na quarta-feira (12), aos 84 anos

A FIA, a Federação Internacional de Automobilismo, vai prestar uma homenagem ao médico inglês no domingo (23), pouco antes da largada para a corrida noturna, na pista de rua de Marina Bay, marcada para as 20h, hora local, 9h, pelo horário de Brasília. Pilotos e equipes vão se reunir no grid para prestar um minuto de aplausos ao médico.

Sid Watkins foi grande responsável por mudanças significativas na segurança da F1 (Foto: Divulgação)

Watkins se aposentou de seu cargo de médico-chefe da F1 em 2005, mas por quase três décadas, o professor, como era chamado no paddock, salvou inúmeras vidas na categoria e, com ele chefiando os resgates, a categoria deixou de perder uma enorme quantidade de pilotos. O britânico foi responsável direto pelos resgates de Gerhard Berger, Martin Donnelly, Érik Comas, Mika Hakkinen, Karl Wendlinger e Luciano Burti. E ficou famoso por suas declarações no documentário sobre a Ayrton Senna, lançado em 2010.

Depois da notícia da morte do médico, muitos pilotos usaram o Twitter para manifestar pesar pela perda de Watkins

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube