30 anos depois, Giuliano Alesi repete pai e pilota Ferrari durante teste em Fiorano

O francês de 21 anos assumiu o monoposto da temporada 2018 no primeiro dos cinco dias de testes privados da equipe italiana em Fiorano, andando pela primeira vez com um carro de Fórmula 1

Giuliano Alesi mostrou que filho de peixe, peixinho é. Nesta segunda-feira (25), 30 anos após a estreia de seu pai Jean na Ferrari, o jovem piloto assumiu o comando do SF71H em Fiorano no primeiro dos cinco dias de testes privados da equipe italiana.

O carro que a escuderia de Maranello vai usar durante a semana é o da temporada 2018. Giuliano, em uma forma de homenagem a seu pai, adotou o #28, mesmo número usado por Jean, dono da vitória do GP do Canadá de 1995, em seu campeonato de estreia pela Ferrari. Ainda, usou a mesma pintura do capacete.

Giuliano Alesi, Fórmula 1 2021, Fiorano, Ferrari
Giuliano Alesi assumiu pela primeira vez um carro da F1 em teste com a Ferrari (Foto: Ferrari)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Durante as atividades desta semana, o competidor de 21 anos é um dos dois pilotos que fazem a estreia com um carro de Fórmula 1. Ao lado do francês está Marcus Armstrong, que assume o SF71H também nesta segunda-feira. Robert Schwartzman também divide o carro com a dupla no mesmo dia.

Estão escalados para os outros três dias de testes em Fiorano Charles Leclerc, que assume o volante na terça-feira. Já na quarta e manhã de quinta-feira, Carlos Sainz faz suas primeiras voltas com uma Ferrari. Encerrando a semana, Mick Schumacher entra na tarde de quinta e divide a sexta-feira com Callum Ilott.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube