Grupo que estuda mudanças na F1 planeja foco em três pontos para atrair audiência: aerodinâmica, motor e pneus

Grupo formado por Ross Brawn para discutir o futuro da principal categoria do automobilismo quer se focar no desempenho dos carros para atrair audiência. E lista três pontos principais para que mudanças sejam feitas

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

O time de especialistas que discute ações para o futuro da F1, comandado por Ross Brawn, tem focado em três pontos da categoria, revelou Pat Symonds, ex-diretor da Williams e que faz parte do grupo.

Durante conferência realizada no Reino Unido, ele apresentou os pontos que o grupo planeja mudanças – pensando no aumento da audiência da F1 no mundo. São eles: aerodinâmica, motor e pneus, pensando no desempenho dos carros na pista.

"Precisamos usar a visão da audiência para realizar as mudanças que queremos. As regras da F1 são divididas em 21 pontos,e alguns não são relevantes para o espetáculo", afirmou. Em seguida, ele passou por cada um dos três pontos citados.

O engenheiro Pat Symonds também faz parte do grupo que discute mudanças na F1 (Foto: Divulgação)

"A aerodinâmica é interessante para muitas pessoas e ninguém conseguiria criar regulamento que não a deixasse como um diferencial, então precisamos manter isso relevante. Da mesma forma, o motor. Para as fábricas envolvidas na F1, é importante. É interessante aos fãs e vamos fazer disso um diferencial. Finalmente, a suspensão – e por isso digo os pneus, a maneira com que as equipes usam os pneus", explicou Symonds.

Por fim, o enenheiro ainda acrescentou outros fatores que serão analisados, mas que não receberão o foco como os anteriores: "Pilotos, pitstops, mecãnicos, estratégia."

O objetivo é tirar a previsibilidade das corridas e dar mais motivo para que o público as acompanhem: "Nas últimas décadas, os piores períodos na F1 foram quando as corridas eram previsíveis. Tivemos isso com o domínio da Mercedes. Queremos abordar o problema da audiência na TV e tornar o final de semana inteiro mais interessanrte, não só o domingo", finalizou o dirigente.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube