Haas vê “incidente de corrida” entre Schumacher, Tsunoda e Ocon no México

Chefe da Haas, Guenther Steiner falou sobre acidente que tirou Mick Schumacher da prova no México, e viu toque como incidente normal de corrida, sem atribuir culpa aos envolvidos

VERSTAPPEN ENGOLE MERCEDES NA LARGADA E VENCE GP DA CIDADE DO MÉXICO DE F1 | Briefing

Não foi desta vez que a Haas conseguiu somar seu primeiro ponto na temporada 2021 da Fórmula 1. No último domingo (7), durante a disputa do GP da Cidade do México, Nikita Mazepin até chegou a andar em 11º, mas terminou mesmo a corrida na última posição, em 18º. Logo na primeira curva, a escuderia norte-americana perdeu Mick Schumacher, já que o alemão se envolveu em incidente com Esteban Ocon e Yuki Tsunoda, e tanto o #47 quanto o japonês precisaram abandonar. Chefe da equipe, Guenther Steiner afirmou após a disputa que considerou o lance como incidente normal de corrida.

“Foi puramente um acidente de corrida, é muito simples”, disse Steiner, que costuma ter reações enérgicas em momentos de tensão na Haas, mas dessa vez não procurou culpados. “Acho que ele estava na primeira curva, uma Alpine [de Esteban Ocon] foi espremida pelos dois lados, e Mick passou por cima da roda e quebrou a suspensão”, afirmou o italiano.

Este foi apenas a segunda vez em que Schumacher não completou uma corrida em toda a temporada 2021 — a outra havia sido no GP da Rússia, em Sóchi. Seu companheiro Mazepin, por outro lado, deixou de completar quatro etapas: Bahrein, Hungria, Holanda e Itália.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Mick Schumacher teve vida curta no México: piloto abandonou na primeira volta, após incidente com Tsunoda e Ocon (Foto: Haas F1 Team)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Steiner relembrou justamente isso, ao dizer que “essas coisas acontecem” durante as disputas das corridas. O dirigente ainda se recordou do histórico do alemão para completar: “Foi o primeiro [abandono] dele nessas circunstâncias”, finalizou o chefe da equipe.

A Haas é a única equipe do grid da Fórmula 1 que não conseguiu somar sequer um ponto na tabela de classificação em todo o ano de 2021, com seus dois pilotos fora da zona de classificação em todas as corridas — e a situação deve se manter igual até o final do ano. Na temporada que vem, o time de Guenther Steiner espera pela atualização do motor Ferrari, com a esperança de ter mais potência e um carro mais competitivo em 2022.

A Fórmula 1 volta a acelerar com a disputa do GP de São Paulo, a ser disputado entre os dias 12 e 14 de novembro, com direito a cobertura ‘in loco’ do Grande Prêmio em Interlagos.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar