F1

Hamilton minimiza créditos por induzir Vettel ao erro no Canadá: “Não preciso disso para ser feliz”

Lewis Hamilton tem sido jogo duro para Sebastian Vettel durante a temporada 2019 da Fórmula 1. Entretanto, mesmo saindo por cima nos momentos de disputa, o inglês descarta querer receber créditos por conseguir induzir o alemão ao erro nas brigas roda a roda

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
Lewis Hamilton dispensou créditos por ter levado Sebastian Vettel ao erro no GP do Canadá. O inglês explicou que não precisa desse tipo de afirmação, ressaltando que seu principal foco nos finais de semana é sua própria performance.
 
Na corrida em Montreal, o alemão vinha ponteando o pelotão desde a largada, caminhando para a primeira vitória da temporada. Entretanto, em determinado momento começou a ser pressionado pelo #44, escapando nas curvas 3 e 4 do circuito. Isso, inclusive, lhe rendeu uma punição polêmica.
 
Com isso, a vitória acabou caindo no colo do titular da Mercedes, que abocanhou o quinto triunfo da temporada para disparar na liderança do Mundial de Pilotos e abrir um respiro de 29 pontos para o segundo colocado.
Lewis Hamilton e Sebastian Vettel (Foto: Mercedes)
Muitos indicaram que a prova no Canadá foi a segunda vez que Hamilton induziu Vettel ao erro enquanto disputavam roda a roda. A primeira foi no Bahrein, com o #5 rodando sozinho e perdendo terreno.
 
Ao ser questionado se merecia mais crédito por fazer Sebastian errar, Lewis negou. “Realmente não me importo com isso para ser honesto. Não sinto que preciso de crédito para ser feliz. Sinto que fiz um bom trabalho no final de semana, não deixei nada na mesa – tirando o segundo treino que não foi muito bom, mas não sou perfeito. Não sofro um acidente faz tempo”, apontou.
 
“Mas o que posso dizer é que as corridas têm sido boas, consistentes, e mesmo em finais de semana que não temos o carro para realmente vencer tenho sido capaz de me sair bem na ponta. Meu objetivo no final de semana é fazer o melhor trabalho possível para a equipe, mas extrair cada vez mais”, seguiu.
 
“É legal quando, em finais de semana como esse, sinto que posso extrair um pouco mais, e quando saio daqui não sinto que deixei de fazer nada. Sinto que me conduzi da maneira certa, os caras trabalharam duro, e conseguimos o resultado”, encerrou.
 

 
Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.