Hamilton se emociona por se ver “entre os grandes” da F1: “É intenso”

Lewis Hamilton festejou a conquista histórica alcançada nesta tarde de domingo (3) em Austin. Novo hexacampeão mundial, o britânico dedicou o feito à família, presente ao Circuito das Américas, aos fãs e aos britânicos. E deixa claro que não pensa em parar: “Vamos seguir acelerando”

Lewis Hamilton já fazia parte da galeria dos maiores pilotos da F1 em todos os tempos. Nesta tarde de domingo (3), ao confirmar a conquista do hexacampeonato ao terminar o GP dos EUA em segundo lugar, já não há mais dúvidas de que o britânico é um dos gigantes da história do esporte. Em entrevista concedida pouco depois de descer do carro e ainda digerir as fortes emoções vividas em Austin, Hamilton desabafou: “É simplesmente intenso”.

 
Sobre a corrida, Lewis parabenizou o vencedor e companheiro de equipe, Valtteri Bottas, e falou sobre a estratégia de uma parada, algo que o próprio piloto não esperava que fosse possível ser concretizada.
 
“Foi uma corrida difícil hoje e ontem foi um dia difícil para nós. Valtteri fez um ótimo trabalho, parabéns a ele. Hoje só queria me recuperar e entregar uma dobradinha para a equipe. Não achava que [a estratégia de] uma parada seria possível”, disse.
Lewis Hamilton festeja a conquista do hexacampeonato neste domingo em Austin (Foto: AFP)
“Eu me esforcei o máximo que pude, estava esperançoso que poderia vencer hoje, mas fiquei sem pneus”, complementou.
 
Depois de ter comemorado com as pessoas que mais ama, Hamilton festejou a conquista. “Estou muito emocionado. Não sabia se seria possível, mas trabalhei o máximo que pude aqui com minha equipe e na fábrica. Minha mãe, meu pai, minha madrasta, meu padrasto, minha família está aqui”.
 
“É uma honra estar aqui com esses grandes nomes”, vibrou Hamilton, lembrando o começo da sua história, que teve Anthony Hamilton, seu pai, como personagem principal na infância. “Meu pai me disse que, quando tinha seis ou sete anos, para nunca desistir, e esse é o lema da família”.
 
Questionado sobre o futuro e a chance de igualar ou até superar Michael Schumacher para ser o maior campeão da história, Hamilton deixou claro que só tem uma certeza: vai seguir nas pistas do mundo por ainda um bom tempo.
 
“Não sei sobre títulos, mas como atleta me sinto o mais renovado possível. Vamos seguir acelerando nas próximas corridas e quero comemorar com todos os fãs e todos os britânicos que vieram aqui neste fim de semana”, complementou.
Paddockast #40
QUEM VOCÊ ENTREVISTARIA NO GP DO BRASIL?

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube