Consultor da Red Bull alfineta Leclerc após 7º lugar de 2021: “Desmascarado por Sainz”

Helmut Marko ressaltou temporada espetacular de Carlos Sainz em sua estreia pela Ferrari e aproveitou para alfinetar Charles Leclerc, além de destacar Lando Norris como "mais próximo" de Lewis Hamilton e Max Verstappen

SAINZ BRILHANTE E ALONSO ACIMA DO ESPERADO: OS ESPANHÓIS NA F1 EM 2021

Consultor esportivo da Red Bull, Helmut Marko também comanda o programa de desenvolvimento de pilotos da equipe e conhece a fundo os talentos revelados pela equipe de Milton Keynes. E após a bela temporada que Carlos Sainz fez em seu primeiro ano pela Ferrari, o austríaco vê o espanhol “desmascarando” Charles Leclerc — considerado “próximo campeão mundial pela Ferrari” pelo chefe Mattia Binotto — com o quinto lugar no Mundial de Pilotos. Apesar disso, Marko vê um longo caminho a percorrer até o nível de Max Verstappen e Lewis Hamilton.

“O objetivo declarado é o título mundial”, declarou Marko à revista alemã Auto Motor und Sport sobre as aspirações da Red Bull para 2022. “Mas com uma mudança de regras tão grande, você nunca pode ter certeza. Nós e a Mercedes temos o potencial, as pessoas e a continuidade. Isso prevê um duelo no nível mais alto. Especialmente com Hamilton e Verstappen, nenhum outro piloto se aproxima”, opinou.

“O mais próximo a eles é [Lando] Norris”, continuou Marko. “Leclerc foi, como posso dizer, desmascarado por Sainz”, disparou o dirigente, que já trabalhou com o piloto espanhol na época de sua chegada à Fórmula 1.

Carlos foi revelado justamente pela Academia da Red Bull e sua primeira participação foi pela Toro Rosso, hoje AlphaTauri — na qual ficou de 2015 a 2017, quando foi para a Renault. O #55 ainda pilotou pela McLaren antes de chegar à Ferrari em 2021.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Helmut Marko elogiou 2021 de Carlos Sainz e aproveitou para alfinetar Charles Leclerc (Foto: Red Bull Content Pool)

Em seu primeiro ano na escuderia de Maranello, Sainz anotou 164,5 pontos, 5,5 tentos a mais do que Leclerc — que completou sua terceira temporada na equipe. Foi a primeira vez que o monegasco perdeu uma disputa interna em sua carreira de monopostos, e a melhor participação do espanhol em uma temporada, com quatro pódios conquistados.

Por outro lado, uma das mudanças mais esperadas no grid da Fórmula 1 para 2022 será a ida de George Russell da Williams para a Mercedes, substituindo Valtteri Bottas. Marko acredita que o jovem britânico pode ser responsável por ‘roubar’ alguns pontos de Hamilton, mas acredita que Russell ainda precisa demonstrar nas corridas todo o potencial que tem aos sábados, nas voltas rápidas de classificação.

“Russell certamente será um desafio maior para Hamilton”, afirmou Marko, acreditando que o ex-piloto da Williams vai chegar na Mercedes com mais fome e ambição do que seu predecessor, Valtteri Bottas. “Retoricamente e politicamente, e também porque ele é inglês. Ele é incrivelmente rápido na classificação. Nas corridas, no entanto, a diferença para Latifi não foi tão grande. Russell precisa se provar primeiro”, encerrou.

Charles Leclerc terminou campeonato de 2021 em sétimo lugar, 5.5 pontos e duas posições atrás de Carlos Sainz (Foto: Ferrari)
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar