F1

Kubica se revolta com problemas da Williams e diz que semana em Barcelona foi desperdiçada: “Aprendi nada”

O atraso do carro e a lentidão dele na pista colocaram a Williams em posição de dúvida até mesmo para seus pilotos: Robert Kubica, por exemplo, afirmou em Barcelona que nada aprendeu dele durante os primeiros testes

Grande Prêmio, de Barcelona / Redação GP, de São Paulo
A série de problemas da Williams durante a primeira parte da pré-temporada em Barcelona, em lista que vai do atraso do carro, que só chegou à Catalunha no terceiro dia de trabalhos, aos fracos tempos anotados em pista, passando pela falta de peças, não passou batida nem pelos pilotos da equipe.

Se George Russell, novato na F1, peferiu contemporizar, Robert Kubica mostrou certa revolta com a situação. E não poupou palavras dirigidas à equipe durante entrevista à TV Eleven Sports, de sua Polônia.

"Terminei a primeira semana de testes sabendo o mesmo que sabia antes: ou seja, nada. Nessa semana, aprendi nada", disse Kubica.

Ele reclamou das condições dadas pela equipe para os testes: "Essa etapa de trabalho não é fácil. Nos espera uma tarefa difícil e haverá consequências disso tudo por algum tempo."

"Sabíamos (das dificuldades) antes da temporada. Mas, claro, esse atraso e os problemas relacionados a eles não facilitam nosso trabalho", seguiu.
Robert Kubica (Foto: Williams)
Kubica só pôde dar 48 voltas, na última quinta-feira (21), com o FW42. Segundo ele, "não foi uma manhã fácil" e a ida à pista foi "antes tarde do que nunca."

Por fim, ele comentou sobre o que a Williams precisa fazer para alcançar o ritmo dos rivais, já que na quarta andou 8s atrás e, na quinta, 4s: "Em algumas áreas, pudemos dar um passo à frente, mas com o novo regulamento em outras demos um pequeno [passo] atrás também. Uma coisa está clara: temos que dar um passo maior que nossos rivais para nos colocarmos em dia."

GRANDE PRÊMIO cobre ‘in loco’ a pré-temporada da F1 em Barcelona com os repórteres Evelyn Guimarães, Vitor Fazio, Eric Calduch e o fotógrafo Xavi Bonilla. Acompanhe tudo aqui.