Norris reclama de “asfalto difícil” em Miami: “Se você sair da linha principal, é fim de jogo”

Piloto da McLaren concordou com Pérez e Hamilton ao criticar condições do asfalto em Miami. Daniel Ricciardo, por outro lado, demonstrou gostar do iminente desafio

FÓRMULA 1 2022 AO VIVO: TREINOS LIVRES GP DE MIAMI DE F1 | Briefing

Assim como Sergio Pérez e Lewis Hamilton, Lando Norris fez uma previsão pessimista após os treinos livres desta sexta-feira (06) em Miami: as condições do asfalto vão impedir a realização de uma boa corrida nos Estados Unidos.

“É extremamente complicado. (Asfalto) está muito ondulado em algumas partes, o que não é algo que esperávamos. Todo mundo estava esperando que fosse suave e lindo, mas não é. Está difícil. Se você sair da linha principal é fim de jogo, você vai rodar e terminar no muro. É sem perdão, vamos dizer”, afirmou o piloto da McLaren.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Lando Norris reclamou de condições de pista nos EUA (Foto: CHANDAN KHANNA / AFP)

“Espero que dê para fazer algo melhor, mas não sei se vai dar. Talvez limpando a pista ou algo assim. Quando começa a esfarelar os pneus, fica muito difícil. Será difícil para correr, só tem uma única linha”, opinou.

Lando Norris também falou sobre o desempenho da Mercedes nos treinos livres 1 e 2 em Miami. De acordo com o piloto, apesar de ter aumentado a performance de uma sessão para a outra, a McLaren segue atrás das Flechas de Prata.

LEIA TAMBÉM
+ Verstappen fala em “dia doloroso” após abandono no TL2 em Miami

“Avançamos em alguns pontos de um treino para o outro. A Mercedes está bem na nossa frente com o mesmo motor. As coisas estão na direção certa, mas não estão tão avançadas. A Mercedes tem um dos carros mais fortes nas curvas mais lentas”, avaliou.

Ricciardo revela ter gostado do primeiro setor em Miami: “É um novo desafio”

Ricciardo adotou praticamente inédito tom otimista quanto ao asfalto de Miami (Foto: Brendan Smialowski / AFP)

Daniel Ricciardo, por outro lado, ‘concordou discordando’ do companheiro de equipe. O australiano também destacou as dificuldades encontradas com a falta de aderência do asfalto, mas ressaltou gostar do desafio.

“Foi, definitivamente, uma experiência. Foi legal. Fora da linha do circuito, é realmente escorregadio. Algumas ‘pedrinhas’ estão se soltando, então é como se fosse cascalho. Acho que nunca passamos por isso antes, então é bom, é um novo desafio. Mas gostei do primeiro setor, é divertido, fluido e rápido”, falou.

Ricciardo também analisou a performance da McLaren nas duas sessões desta sexta-feira. “Mudamos algumas coisas nesta tarde, tentamos descobrir a pista e nos adaptar a ela. Ainda não acho que achamos a configuração ideal, então temos trabalho a fazer e foco no sábado”, disse.

“Difícil de encaixar sequências longas e consistentes, com todas as bandeiras vermelhas. Penso que foi similar entre baixa quantidade de combustível e a alta. Estamos em busca das mesmas coisas no carro, as fraquezas estiveram lá nessas duas configurações. Não falo isso com desânimo, e sim no sentido de que temos muito a digerir com essa nova pista”, concluiu o australiano.

FÓRMULA 1 VIRA FESTA EM MIAMI E PALCO DE MANIFESTAÇÕES DE HAMILTON E VETTEL | WGP
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar