Verstappen espera vida dura com punição em Sóchi, mas diz: “Nada está perdido”

Com uma punição de três posição no grid de largada a ser cumprida, Max Verstappen espera por caminhos difíceis para a Red Bull, em Sóchi, mas afirma que "nada está perdido"

Depois do acidente com Lewis Hamilton em Monza, Max Verstappen foi considerado o maior culpado pela colisão, e por isso, perderá três posições no grid de largada do GP da Rússia, em Sóchi. Em um circuito com retrospecto favorável à Mercedes — lugar que passou a fazer parte da F1 em 2014 e onde só a escuderia alemã venceu —, o dono do carro #33 se preocupa com o desempenho da equipe por conta da punição, mas afirma: “nada está perdido”.

“A penalidade, claro, não é a ideia, mas nada está perdido”, disse Verstappen. “Quanto ao Mundial de Pilotos, ainda temos muitas corridas pela frente e é uma margem muito pequena [para Hamilton]. Vamos tentar tirar o máximo proveito do fim de semana e trabalhar com o que temos”, acrescentou.

O encontro entre os dois postulantes ao título de 2021 dividiu opiniões na Fórmula 1, com a Red Bull e o próprio holandês defendendo que foi apenas um “incidente de corrida”. A punição, no entanto, abre a possibilidade de Verstappen já fazer a troca para seu quarto motor na Rússia e, assim, largar do fundo grid. Mas Christian Horner já disse que irá esperar o sábado de classificação para tomar uma decisão.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Max Verstappen foi considerado o maior culpado pelo acidente com Lewis Hamilton, em Monza (Foto: Beto Issa)

Ainda nem dá para saber se martírio acabou, mas Ricciardo deu lembrete de quem é
Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“Ainda acredito que foi um incidente de corrida, mas recebemos uma penalidade de três posições no grid e só temos que trabalhar com isso agora. O GP de Monza não foi o nosso melhor por muitos motivos, mas agora quero apenas esperar por Sóchi”, declarou o holandês.

No entanto, o melhor resultado da Red Bull em Sóchi foi em 2020, quando Verstappen conseguiu terminar no segundo lugar do pódio. Por isso, ele espera por caminhos melhores para esta temporada: “Foi ótimo terminar em segundo [lugar] lá no ano passado, especialmente porque nunca foi uma boa pista para nós como equipe”, explicou.

“Temos sido mais competitivos este ano e vivemos um bom momento, então será interessante ver como podemos nos apresentar neste ano. A pista em si e o layout são completamente diferentes das corridas anteriores, então estou ansioso para voltar lá e ver o que podemos fazer”, concluiu.

HAMILTON E VERSTAPPEN DÃO INJEÇÃO DE ÂNIMO NO SONOLENTO GP DA RÚSSIA DE F1? | Paddock GP #257

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar