Mercedes relativiza resultado na Áustria e avisa: “Campeonato está longe de acabar”

Toto Wolff entende que o resultado final da Mercedes no GP da Áustria, com o segundo lugar de Valtteri Bottas e o quarto de Lewis Hamilton, “não é o fim do mundo”. O dirigente austríaco revelou que o problema com o heptacampeão foi no chassi após uma passagem pela zebra da curva 10

Verstappen aplica novo domínio e vence: os melhores momentos do GP da Áustria (GRANDE PRÊMIO com Reuters)

O desfecho do GP da Áustria, nona etapa da temporada 2021 da Fórmula 1, neste domingo (4) no Red Bull Ring, representou outro salto da Red Bull diante da Mercedes no Mundial de Construtores. Com a vitória impecável de Max Verstappen e o sexto lugar de Sergio Pérez, a vantagem dos taurinos no campeonato aumentou de 40 para 44 pontos. No Mundial de Pilotos, Verstappen agora tem 182 tentos, contra 150 de Lewis Hamilton, 32 de frente, portanto. A equipe chefiada por Toto Wolff terminou em segundo lugar com Valtteri Bottas, enquanto Hamilton, que enfrentou problemas ao longo da disputa e foi ultrapassado pelo finlandês e também por Lando Norris, da McLaren, cruzou a linha de chegada em quarto.

Ao comentar sobre a jornada deste fim de semana na Áustria, Wolff considerou que, ao menos em termos de ritmo, não foi ruim. “Acho que é um bom resultado porque considero que, se não tivéssemos ficado atrás da McLaren no começo, quando perdemos muito tempo, estaríamos correndo com ele [Verstappen]”, disse o ex-piloto à emissora britânica Sky Sports.

WEB STORIES
+O resultado do GP da Áustria de Fórmula 1
+A classificação da Fórmula 1 depois do GP da Áustria

VALTTERI BOTTAS; GP DA ÁUSTRIA; MERCEDES;
Valtteri Bottas garantiu o segundo lugar no GP da Áustria (Foto: LAT Images/Mercedes)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“Não tenho certeza de que seria o suficiente para vencer a corrida, mas o ritmo estava lá e seria bom. Você pode ver isso particularmente também com o ritmo de Valtteri, uma vez que Lewis perdeu downforce. O ritmo estava lá, nunca esteve sob risco. Então, de certa forma, este domingo foi muito melhor que o domingo passado sobre o que esperávamos em termos de desempenho do carro”, explicou.

Wolff também falou sobre a perda de performance que levou Hamilton a perder posições importantes, o que ajudou ainda mais Verstappen a disparar no campeonato. “O dano aconteceu do lado de fora da curva 10, na zebra. Não acho que ele estava passando muito pela zebra, foi só uma peça que caiu. Precisamos descobrir por que isso aconteceu”.

Em termos de campeonato, em que pese mais uma dura derrota diante da rival Red Bull, Toto tratou de trazer ânimo para o time.

“O moral da equipe está bom. Terminamos em segundo e em quarto lugar. Não é o fim do mundo. Se você pode ver o quão felizes os caras da McLaren estão com a posição, acho que precisamos reconhecer que este é um campeonato difícil e que você não pode esperar que todos os anos sejam de sossego”, salientou.

“Estamos a um abandono de estar lá no campeonato de Construtores e Pilotos. Está longe de acabar”, garantiu o chefe da equipe heptacampeã mundial.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar