Mazepin critica acordo de cavalheiros após punição e ironiza: “Não sei desaparecer”

Punido com três posições e 1 ponto na carteira por bloquear Norris, Mazepin apontou o dedo para o vilão real: o acordo de cavalheiros

Robin Frijns ultrapassa Félix da Costa e assume a liderança em Mônaco (Vídeo: Fórmula E)

Nikita Mazepin não consegue terminar um fim de semana sem mexer com os nervos de algum colega de grid da Fórmula 1. Neste sábado (8), após a classificação do GP da Espanha, o irritado foi Lando Norris. A direção de prova puniu Mazepin com três posições no grid de largada e um ponto na carteira por bloquear o inglês durante o Q1, mas o russo resolveu ironizar a decisão.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

A punição veio porque Norris ficou preso atrás do russo no trecho final da pista de Barcelona ainda na primeira parte do Q1, algo que desagradou imensamente o piloto da McLaren. Mazepin, que já foi o mais lento do treino e, assim, não teve prejuízos com a punição, provocou ao falar que a única forma de sair da frente era desaparecer. E reforçou que o acordo de cavalheiros que dita que os pilotos evitam ultrapassagens e deem espaço na classificação, com o qual já teve desavenças antes, não é de seu gosto.

“Alguém me perguntou sobre o acordo de cavalheiros naquela última curva do Bahrein. Acho que era uma exemplo ótimo disso não funcionando na Fórmula 1”, lembrou.

“Eu estou tentando respeitar o acordo depois que descobri sobre ele, mas é muito difícil quando dois carros estão te ultrapassando numa curva apertada e lenta”, disse.

Nikita Mazepin amargou outra punição na temporada 2021 da F1 (Foto: Haas F1 Team)

“Com o tamanho do carro, que tem 2,5 m, não dá para colocar um terceiro carro ali e especialmente um quarto carro que chega a toda velocidade. Então não acho que segurar era uma opção, porque teria colocado a traseira do meu carro na linha mais veloz da pista. A única opção era entrar de vez, que foi o que eu fiz. E aí foi uma infelicidade”, avaliou.

“Não estou chateado, porque não tinha muito que eu podia fazer a não ser, talvez, desaparecer, que é uma coisa que eu ainda não sei fazer”, ironizou.

Mazepin terminou a classificação cerca de 0s8 atrás do companheiro Mick Schumacher.

O GP da Espanha tem largada marcada para 10h (de Brasília) deste domingo. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do GP da Espanha de Fórmula 1 AO VIVO e em TEMPO REAL.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar