Pirelli conclui investigação e diz que ninguém teve culpa em falhas dos pneus em Baku

Fornecedora de pneus da Fórmula 1, Pirelli finalizou investigação dos pneus estourados de Max Verstappen e Lance Stroll durante o GP do Azerbaijão, em Baku, e chegou na conclusão de que ninguém teve culpa pelas falhas

Acidente do líder, erro do campeão e vitória de Pérez: os melhores momentos do GP do Azerbaijão (GRANDE PRÊMIO com Reuters)

Em conjunto com a FIA, a Pirelli anunciou, na tarde desta terça-feira (15) que completou a análise dos pneus traseiros esquerdos estourados de Lance Stroll e Max Verstappen durante o GP do Azerbaijão, que aconteceu no último dia 6. A fornecedora afirma que as falhas não aconteceram por problemas de produção ou das equipes em si.

Em nota, a Pirelli afirmou que além da análise de Verstappen e Stroll, também fez uma investigação com outros carros que tiveram mais voltas com os pneus e não apresentaram falhas.

“O resultado indicou que não havia defeito de produção ou de qualidade de qualquer um dos pneus; nenhum apresentou qualquer sinal de desgaste ou delaminação. As causas das duas falhas dos pneus traseiros esquerdos de Aston Martin e Red Bull foram claramente identificadas. Em cada um dos casos, aconteceu por uma quebra da parede interna do pneu, que pode estar relacionada às condições de uso do pneu, apesar de os parâmetros prescritos para uso inicial (pressão mínima e temperatura máxima da manta térmica) terem sido seguidos.”, afirmou a fornecedora.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Max Verstappen deixa o carro da Red Bull irritadíssimo após abandono (Foto: AFP)

A Pirelli informou também que comunicou à FIA o resultado da investigação e que novos protocolos serão estabelecidos já a partir do GP da França deste fim de semana, “incluindo uma diretiva técnica atualizada” para “monitorar as condições de operação durante o fim de semana de corrida”.

Na sequência da revelação da análise da Pirelli, a Red Bull informou que trabalhou conjuntamente com a fabricante e a entidade máxima do automobilismo e “pode confirmar que nenhum problema no carro foi encontrado”. “Nós sempre estivemos dentro do parâmetro da Pirelli e continuamos a seguir suas indicações”, disse o comunicado da equipe.

Max Verstappen e Lance Stroll abandonaram o GP do Azerbaijão, realizado no circuito de rua de Baku, por conta de estouros dos pneus traseiros esquerdos. Inclusive, o holandês da Red Bull liderava a corrida até sofrer com a falha.

GP às 10: Com Bottas quase fora, Mercedes precisa preparar Russell no papo

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar