Verstappen explica por que não parou para ver Hamilton após incidente na Itália

A atitude de Max Verstappen ao passar ao lado do carro de Lewis Hamilton depois do incidente em Monza surpreendeu o heptacampeão e foi criticada por Jackie Stewart. O holandês se justificou

Além do incidente em si entre Max Verstappen e Lewis Hamilton na volta 26 do GP da Itália do último domingo (12), chamou a atenção também a postura do holandês logo depois do entrevero ao passar reto ao lado da Mercedes do heptacampeão, que seguiu ali no carro, sem demonstrar preocupação. Hamilton foi acertado pela roda traseira do carro da Red Bull, mas escapou de consequências mais graves graças ao halo. Lewis, aliás, se surpreendeu com a atitude do seu rival na luta pelo título.

Verstappen entende que não há espaço para polêmica porque Hamilton se mexia dentro do carro da Mercedes naquele momento.

LEIA TAMBÉM
+OPINIÃO GP: Hamilton tem razão: Verstappen teima em ceder e adota posição perigosa
+Hamilton se espanta com atitude de Verstappen após incidente: “Surpreendente”
+Ricciardo amanhece ainda incrédulo com vitória no GP da Itália: “Não consegui dormir”

Max Verstappen passou ao lado de Lewis Hamilton após incidente em Monza (Foto: Beto Issa)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

“Lewis estava bem. Ele ainda estava tentando dar ré quando eu já estava fora do carro. Quando você não está bem, você não faz isso”, disse o piloto da Red Bull em entrevista que foi veiculada pelo site holandês RacingNews365.

“Estou decepcionado. Esperava um bom resultado. Mas seguimos em frente”, lastimou Max, que reconheceu no episódio uma chance perdida de somar pontos importantes para o campeonato.

Verstappen considerou que Hamilton jogou duro na entrada da chicane da curva 1, mas classificou a situação em si como um incidente de corrida e, portanto, discordou da punição imposta pelos comissários de prova. Max vai perder 3 posições no grid de largada da próxima etapa do campeonato, o GP da Rússia, em 26 de setembro.

“Quando ele [Hamilton] saiu dos boxes, começou a me espremer na entrada da Curva 1, então tive de usar a parte verde [sem aderência] da pista. Estava muito apertado, mas havia espaço para dar a volta por fora, então fui empurrado para as zebras de salsichas”, detalhou.

“Não concordo totalmente com a punição porque acredito que foi incidente de corrida. Uma pena o que aconteceu, mas somos dois profissionais e vamos seguir em frente”, complementou o líder do Mundial de Pilotos.

Lewis Hamilton e Max Verstappen bateram no incrível GP da Itália (Vídeo: Reprodução/TV)

A atitude de Max desagradou, por exemplo, Jackie Stewart. Em entrevista ao jornal britânico Daily Mail, o tricampeão mundial falou em falta de maturidade do holandês.

“Verstappen está demorando mais que o esperado para amadurecer. Nem mesmo ir ver Hamilton depois de um acidente grave quando você acabou de passar por cima do carro é algo que eu realmente não entendo. Especialmente quando ele está ainda em seu carro e ficou lá por muito tempo antes de sair. Max tem muito o que aprender. Mas a quem ele vai ouvir?”, disparou o tricampeão.

“Ele é muito, mas muito bom. Provavelmente, é o piloto mais rápido do grid agora, mas para ser um campeão de verdade você não pode se envolver em batidas o tempo todo. Se fosse o chefe de equipe, diria: ‘Pelo amor de Deus, não faça isso de novo’. Só porque você está liderando o campeonato, não significa que você é à prova de balas”, bradou Stewart.

GUERRA NA F1! VERSTAPPEN E HAMILTON BATEM DE NOVO E RICCIARDO VENCE NA ITÁLIA | PADDOCK GP #256

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar