Quero-quero aparece no caminho e é atropelado por Vandoorne durante TL3 da F1 em Interlagos

Stoffel Vandoorne estava acumulando voltas no terceiro treino livre quando foi pego de surpresa por um quero-quero. O pássaro não desviou a tempo e foi vítima do pneu dianteiro direito da McLaren do belga

Stoffel Vandoorne deixou uma vítima durante o terceiro treino livre do GP do Brasil, neste sábado (10) em Interlagos. O piloto belga não conseguiu reagir a tempo de desviar de um quero-quero que apareceu no traçado e terminou atropelado.
 
O incidente aconteceu na curva do Mergulho. O quero-quero chegou perto de escapar, mas foi atropelado pelo pneu dianteiro direito da McLaren. A equipe precisou de alguns minutos antes de confirmar o que de fato havia acontecido.
 
“Não sei se não atingi um pássaro na curva 11”, disse Vandoorne, via rádio. “Ok, vamos checar. Acho que desviamos do pássaro, acho que desviamos. A gente deve estar ok, não se preocupe”, respondeu o engenheiro no momento.
Stoffel Vandoorne atingiu quero-quero no TL3 em Interlagos (Foto: Reprodução/TV)

Incidentes com animais costumam danificar severamente os carros de F1. Não foi o caso de Vandoorne, que teve a ‘sorte’ de ver o quero-quero atingir o pneu, e não uma parte mais frágil do carro.

 
Esse não é o primeiro caso de atropelamento de um animal na temporada 2018 da F1. No GP do Canadá, em Montreal, Romain Grosjean teve a infelicidade de atingir uma marmota que atravessava a pista.
 
O terceiro treino livre em Interlagos teve liderança de Sebastian Vettel, que conseguiu uma vantagem de respeito sobre Lewis Hamilton, segundo e 0s217 mais lento.
 

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube