Red Bull diz que Sainz “deu azar” ao ter Verstappen no caminho e faz alerta sobre Leclerc

Helmut Marko, consultor da Red Bull, revelou a razão de não ter mantido Carlos Sainz no projeto da equipe taurina: a aposta em Max Verstappen. O dirigente austríaco desejou sorte ao novo piloto da Ferrari e também falou sobre o futuro incerto de Sebastian Vettel na F1

Carlos Sainz vai ser o segundo piloto oriundo do programa de desenvolvimento da Red Bull a fazer parte da Ferrari. O espanhol vai desembarcar em Maranello em 2021 com a missão de substituir Sebastian Vettel, que na equipe italiana não teve o mesmo sucesso dos anos de ouro com a equipe taurina, entre 2010 e 2013. Só que, diferente do alemão, Sainz não teve a chance de emergir para a escuderia matriz e, depois de iniciar sua carreira no Mundial de F1 pela Toro Rosso, foi para a Renault, onde ficou por quase um ano e meio, antes de se transferir para seu atual time, a McLaren.
 
Helmut Marko, consultor da Red Bull, elogiou Sainz, o parabenizou pelo novo ciclo que se avizinha na sua carreira, mas alertou para o “grande desafio” que vai ter pela frente ao lutar com Charles Leclerc. E reconheceu que a presença de Max Verstappen, grande aposta do time de Milton Keynes para voltar ao topo da F1, impediu a trajetória de Carlos e representou sua saída do projeto da Red Bull em 2017.
 
“Tenho certeza de que isso vai ser bom para a Ferrari”, destacou o dirigente austríaco em entrevista veiculada pelo jornal italiano ‘La Gazzetta dello Sport’. Marko, contudo, fez uma ressalva. “Se Carlos quer virar um piloto vencedor, então ele terá um grande desafio pela frente, como a batalha com Charles Leclerc”.
Carlos Sainz só não seguiu na Red Bull por conta da presença de Verstappen (Foto: Charles Coates/Getty Images)
O ex-piloto de 77 anos elogiou o caráter de Sainz e lamentou que, por conta da política adotada pela Red Bull, não tenha sido possível mantê-lo no programa.
 
“Em primeiro lugar, Carlos é um grande cara. Além disso, é inteligente e rápido. Deu azar que alguém como Max Verstappen estivesse no mesmo caminho com a gente desde então. Não tentamos trazer Sainz de volta precisamente porque temos Max. Nossa política é lutar por um piloto de ponta com um bom ombro ao lado”, explicou.
 
Por fim, Marko comentou sobre Sebastian Vettel. O tetracampeão tem futuro incerto na F1 depois da confirmação da sua saída da Ferrari ao fim de 2020.
 
“Conversamos uma vez por mês. Segue sendo um piloto de talento e muito sucesso. Se ele quer continuar ou não, não sei, sinceramente. A solução está na sua mente. Só ele pode tomar essa decisão”, concluiu.

Paddockast #61
VETTEL: ACERTOS, ERROS E… AZAR NA FERRARI

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube