Red Bull diz que força da Mercedes em Sóchi influenciou troca de motor de Verstappen

Helmut Marko, consultor da Red Bull, explicou como a grande força da Mercedes no GP da Rússia influenciou a equipe a antecipar a troca do motor de Max Verstappen. Segundo ele, logo a Mercedes estará na mesma situação por também precisar trocar a unidade de potência de Lewis Hamilton

Antonio Giovinazzi bateu forte na curva 9 do circuito de Sóchi (Vídeo: Reprodução)

Em uma sexta-feira (24) dominante da Mercedes, a Red Bull não teve dúvidas: decidiu, enfim, fazer a troca para o quarto motor de Max Verstappen. Ainda esta semana, Christian Horner, chefe dos taurinos, disse que esperaria a classificação do sábado para decidir, mas Helmut Marko, consultor da equipe, explicou por que a decisão foi antecipada.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Segundo o austríaco, a marca dos energéticos já sabia que a escuderia alemã iria usar do ótimo retrospecto — que se dá por ter vencido todas as corridas do circuito russo, desde 2014 — para virar o jogo no Mundial de Pilotos. Por isso, como uma forma de também neutralizar a punição de três posições no grid de largada, oriunda do acidente com Lewis Hamilton em Monza, a Red Bull fez todas as modificações, colocando Verstappen no fim do pelotão no domingo.

“Com a superioridade da Mercedes, digamos que Max teria conquistado o terceiro melhor lugar na classificação. Ele então recebe a penalidade de três posições no grid, o que o colocaria em sexto. E mudar apenas uma parte do motor significaria que perderíamos 10 posições, então iríamos para P16”, calculou Marko, quando questionado pela revista alemã Auto Motor und Sport. “E isso não é muito melhor do que a 20ª posição, por isso preferimos trocar todas as peças”, acrescentou.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Max Verstappen vai largar do fim do grid no domingo (Foto: Red Bull)

Normalmente, as equipes esperam o TL3, na manhã de sábado, para fazer a troca. Mas Marko explica que a Red Bull foi cautelosa com a calibração da nova unidade de potência e também com o tempo instável de Sóchi.

“Queríamos guiar em pista seca com o novo motor. A calibração leva um pouco mais de tempo conosco do que com a Mercedes. Não queríamos fazer isso na chuva”, relatou.

Embora Toto Wolff, chefe da Mercedes, tenha já dito que pondera se vai trocar ou não a unidade de potência de Lewis Hamilton nesta temporada, Marko acredita que isto está próximo de acontecer: “Circuitos melhores para nós estão por vir, como Turquia, Austin e México. Presumimos que a Mercedes cumprirá uma possível penalidade em algum deles, pelas mesmas razões que fizemos aqui em Sóchi”, concluiu.

A programação para a sequência do fim de semana prevê o treino livre 3 para 6h (de Brasília, GMT-3), enquanto a classificação está marcada para 9h. Entretanto, em razão da previsão de muita chuva para o sábado, há grandes possibilidades de mudança no cronograma, com chances inclusive de a definição do grid de largada passar para domingo. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.

F1 NA RÚSSIA: BOTTAS E HAMILTON FAZEM 1-2 NOS TREINOS LIVRES E VERSTAPPEN LARGA DOS BOXES | Briefing

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar