Red Bull mexe na suspensão traseira e aproxima conceito ao da Mercedes para 2021

O RB16B da Red Bull não traz revoluções com relação ao carro de 2020, mas muda a suspensão traseira para tentar igualar o desempenho da maior rival

A Red Bull foi bastante econômica para apresentar o RB16B, seu carro da temporada 2021 do Mundial de Fórmula 1. Com as poucas imagens divulgadas, a equipe segurou as informações de mudanças e deu a entender que não mudara muito. Mas há uma aproximação da Mercedes na parte da suspensão traseira.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

As mudanças perceptíveis inicialmente foram aquelas mandatórias pela FIA, causadas pela diminuição do assoalho, e alterações no bico – que mantém o mesmo estilo, apesar disso – e recuo da capa. Entretanto, não é só.

Quem dissecou as mudanças foi o especialista na parte técnica dos carros de F1 Craig Scarborough. De acordo com a avaliação dele, a asa dianteira sofreu mudanças para se aproximar ao conceito utilizado pela Mercedes em 2020. Os elementos inferiores do whishbone e do haste de trilha da suspensão foram limpados, na explicação do especialista. Na prática, é uma revisão importante nos braços de suspensão traseiros.

O RB16B, carro para a temporada 2021, foi apresentado na terça-feira (Foto: Red Bull Content Pool)

Neste caminho mais próximo da principal rival, a Red Bull tem urgência para se aproximar e evitar que Max Verstappen tenha a possibilidade de acionar o gatilho da cláusula de rescisão contratual baseada em desempenho. Conforme admitido pela Red Bull, o holandês pode deixar a Red Bull após o fim das temporadas 2021 e 2022 – o contrato atual termina em 2023 – caso a equipe não ofereça a oportunidade de lutar pelo título.

Além da apresentação, a Red Bull mandou Sergio Pérez à pista de Silverstone para realizar um dia de filmagem na última terça-feira. Foi o primeiro contato do mexicano com o carro rubro-taurino.

A pré-temporada da F1 está marcada para o Bahrein, nos dias 12, 13 e 14 de março. Duas semanas mais tarde, na mesma pista, o campeonato 2021 começa.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube