Rosberg lidera de novo e Hamilton anda atrás das Ferrari no TL2 da F1 em Silverstone. Massa é décimo

A casa é de Lewis Hamilton, mas os melhores tempos, não. Nico Rosberg, Kimi Räikkönen e Sebastian Vettel ficaram no top-3 do segundo treino livre da F1 em Silverstone nesta sexta-feira (3). Felipe Massa foi o décimo colocado com a melhor das Williams

#GALERIA(5373)
Pode não ter sido a mais tranquila das sextas-feiras para Nico Rosberg, afinal, ele teve um problema de câmbio no primeiro treino e, no segundo, ainda não estava 100% contente com as trocas de marcha do F1 W06 Hybrid. De qualquer forma, o vice-líder do Mundial de F1 conseguiu, na casa de seu principal adversário na luta pelo título, liderar os dois treinos livres do dia e assim ganhar confiança para a sequência da nona etapa da temporada.

Com um tempo de 1min34s274 no finalzinho do TL1 e outro de 1min34s155 no TL2, o alemão fechou ambas as sessões na ponta. Vencedor em 2013, corre atrás da segunda vitória em Silverstone e do quarto triunfo em 2015.

Hamilton, por sua vez, teve de se contentar em ficar atrás das duas Ferrari na prática verspertina. O bicampeão reclamou bastante pelo rádio da falta de equilíbrio do carro, especialmente na hora das simulações de corrida. A diferença entre as duas Mercedes foi de 0s466, ao passo que a melhor SF15-T foi a do frequentemente questionado Kimi Räikkönen.

Destaque para a presença dos quatro carros rubro-taurinos no top-10, com Daniil Kvyat e Daniel Ricciardo em quinto e sexto, respectivamente. Nico Hülkenberg pôs a nova Force India na oitava colocação, e Felipe Massa fechou o top-10.

A Sauber não marcou bons tempos no TL2 e se viu atrás da McLaren, sendo que o brasileiro Felipe Nasr concluiu o TL2 na 16ª colocação.

Siga o GRANDE PRÊMIO no INSTAGRAM

Rosberg liderou os dois treinos livres desta sexta-feira em Silverstone (Foto: AP)

Confira como foi o segundo treino livre da F1 em Silverstone:

Distância
5,891 km
Curvas
18
Número de voltas
52
Vencedor em 2014
Lewis Hamilton
(Mercedes)
Resultado da prova
Programação
SAB, 4/7 | TL3 – 6h
SAB, 4/7 | TC – 9h
DOM, 5/7 | GP – 9h

Foi interessante como a pista pareceu mais lenta no princípio do segundo treino livre da F1 em Silverstone. Mercedes, Ferrari, Force India, Williams… Ninguém andava mais rápido do que no treino da manhã.

Dos ponteiros, o único a fazê-lo em um primeiro momento foi Daniil Kvyat, com a Red Bull. O russo anotou 1min35s009 e se colocou em segundo, atrás apenas de Lewis Hamilton. Rosberg vinha na terceira posição, e reclamando uma vez mais de dificuldades ao passar as marchas para cima após a troca de câmbio do TL1.

A ordem, com os pneus duros, seguia com Vettel, Hülkenberg, Ricciardo, Sainz, Verstappen, Räikkönen e Pérez. A Williams estava fora do top-10, em parte porque não chegou a andar rápido, em parte porque Felipe Massa deu duas escorregadas que o levaram a tirar o pé.

Romain Grosjean teve de pegar uma flanela e ajudar os mecânicos depois de rodar (Foto: Reprodução/TV)

Ainda nesta fase do treino, uma bandeira vermelha foi provocada pelo francês Romain Grosjean, que terá muito prejuízo para correr atrás no sábado. Depois de ceder o carro para Jolyon Palmer no TL1, ele rodou ainda nos minutos iniciais e ficou preso na caixa de brita. Fim de treino.

Se de todo erro é importante tirar uma lição, o gaulês pode ir pedir dicas para Fernando Alonso. O espanhol escapou da pista no mesmo ponto, mas fazendo da McLaren quase que um carro de rali, deu um jeito de retornar ao asfalto para se dirigir aos boxes. Levantou poeira, e muita, o bicampeão da F1.

Mas, diga-se, embora estes pilotos tenham chamado mais a atenção com seus deslizes, a maioria seguia com dificuldades para ficar plenamente confortável com o veloz traçado inglês, com suas muitas curvas de alta e mudanças de direção.

Alonso dando um bom show para os fãs na sexta-feira (Foto: Reprodução/TV)

A mudança para os pneus médios, os mais macios deste fim de semana, mudou a ordem no topo da tabela de tempos, recolcando Rosberg à frente de Hamilton.

Mesmo que o terceiro setor não tenha sido o melhor do alemão, o vice-líder do campeonato virou 1min34s155, melhorando 0s1 em relação à manhã. Aqui, Sebastian Vettel se aproximou abruptamente com a Ferrari ao fazer 1min34s522, 0367 atrás. Hamilton ficou só em terceiro com 1min34s621.

Por fim, com algum atraso, Kimi Räikkönen deu sua volta lançada: 1min34s502, tomando o segundo lugar.

Os tempos, entretanto, são pouco representativos. Primeiro, pela já mencionada piora da pista. Segundo, porque Räikkönen e Vettel se colocam entre as duas Mercedes justo depois de Maurizio Arrivabene reclamar do 'falso' ritmo mostrado por seu time às sextas-feiras. O chefe ferrarista pediu para que os engenheiros optassem por usar uma carga de combustível mais alta nos treinos livres em vez de andar com o tanque mais vazio e passar uma impressão que não é verdadeira.

As duas Red Bull apareceram na 'terceira fila', com Nico Hülkenberg em oitavo, Carlos Sainz em nono e Felipe Massa completando o top-10.

Depois disso, como de costume, as equipes começaram a se dedicar aos trabalhos de simulação de corrida, e os tempos não baixaram mais.

A 16 minutos do fim, o espanhol Roberto Merhi rodou na curva Luffield com as rodas da frente na brita e as traseiras, no asfalto. O piloto conseguiu engatar marcha ré e sair dali, mas não antes de a bandeira vermelha ser acionada. A paralisação são breve e logo os trabalhos reiniciaram.

F1, GP da Inglaterra, Silverstone, treino livre 2:

1 6 NICO ROSBERG ALE MERCEDES 1:34.155   33
2 7 KIMI RÄIKKÖNEN FIN FERRARI 1:34.502 +0.347 28
3 5 SEBASTIAN VETTEL ALE FERRARI 1:34.522 +0.367 26
4 44 LEWIS HAMILTON ING MERCEDES 1:34.621 +0.466 22
5 26 DANIIL KVYAT RUS RED BULL RENAULT 1:35.009 +0.854 24
6 3 DANIEL RICCIARDO AUS RED BULL RENAULT 1:35.153 +0.998 21
7 33 MAX VERSTAPPEN HOL TORO ROSSO RENAULT 1:35.300 +1.145 35
8 27 NICO HÜLKENBERG ALE FORCE INDIA MERCEDES 1:35.387 +1.232 33
9 55 CARLOS SAINZ JR ESP TORO ROSSO RENAULT 1:35.866 +1.711 36
10 19 FELIPE MASSA BRA WILLIAMS MERCEDES 1:36.147 +1.992 32
11 13 PASTOR MALDONADO VEN LOTUS MERCEDES 1:36.164 +2.009 32
12 77 VALTTERI BOTTAS FIN WILLIAMS MERCEDES 1:36.183 +2.028 32
13 11 SERGIO PÉREZ MEX FORCE INDIA MERCEDES 1:36.351 +2.196 28
14 8 ROMAIN GROSJEAN FRA LOTUS MERCEDES 1:36.728 +2.573 21
15 14 FERNANDO ALONSO ESP McLAREN HONDA 1:36.731 +2.576 18
16 12 FELIPE NASR BRA SAUBER FERRARI 1:36.822 +2.667 23
17 22 JENSON BUTTON ING McLAREN HONDA 1:37.196 +3.041 16
18 9 MARCUS ERICSSON SUE SAUBER FERRARI 1:37.327 +3.172 36
19 28 WILL STEVENS ING MANOR MARUSSIA FERRARI 1:38.279 +4.124 21
20 98 ROBERTO MERHI ESP MANOR MARUSSIA FERRARI 1:39.878 +5.723 20
    TEMPO 107% TL2   1:40.746 +6.591  
               
RECORDE LEWIS HAMILTON ING MERCEDES 1:29.607 26/09/2013  
MELHOR VOLTA FERNANDO ALONSO ESP FERRARI 1:30.874 11/07/2010  
               
    Condições do tempo   SOL ar: 21-23ºC | pista: 34-39ºC  

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube