Vettel vê críticas como parte de tudo: “Ninguém é tão bom ou ruim quanto dizem”

O alemão afirmou que é preciso saber aceitar quando realmente erra e que é necessário conhecer quais são os próprios pontos fortes e fracos, sem dar ouvido aos outros

Sebastian Vettel não se deixa abalar pelas críticas recebidas. O alemão falou sobre o assunto e indicou que o criticismo sempre vai estar presente, o importante é aceitar os erros e saber quais são seus pontos fortes e fracos.

O tetracampeão viveu uma gangorra de emoções durante sua passagem pela Ferrari. Chegando ao time de Maranello em 2015, conquistou 14 vitórias e 55 pódios, além de ter ficado duas vezes com o vice-campeonato e uma com a terceira colocação.

Entretanto, nos dois últimos anos, sobretudo em 2020, a sorte do alemão virou do time italiano. Uma sucessão de erros e a chegada de Charles Leclerc renderam diversas críticas, especialmente pela imprensa tifosi, que chegou a chamar de patinho feio, falou ser vítima de seus pesadelos e viveu a sequência mais intensa de erros.

Sebastian Vettel disse não dar muita bola para as críticas (Foto: Reprodução/F1)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“Acho que o criticismo faz parte de tudo. O principal ponto se aplica, você nunca é tão bom ou tão ruim quanto as pessoas dizem, é preciso se encontrar. Claro, às vezes as críticas estão certas, mas às vezes não”, falou o competidor de 33 anos.

“Estou muito aberto a isso, pois certamente sei minhas fraquezas e meus pontos fortes. Com certeza cometi alguns erros, não precisamos discutir isso”, completou o alemão de Heppenheim.

Para 2021, Vettel deixou a Ferrari e vai para a Aston Martin. Durante a crise na escuderia chefiada por Mattia Binotto, falou que contou com o apoio de Lewis Hamilton, que mostrou motivos para animação e tratou de animar o competidor.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube