Sem ter certeza sobre realização do GP da Alemanha, Ecclestone afirma que decisão deve sair neste fim de semana

Bernie Ecclestone espera uma decisão a respeito do GP da Alemanha de 2015 neste fim de semana. O dirigente não tem certeza se a corrida será ou não realizada em julho deste ano, como previsto inicialmente

A decisão a respeito da realização do GP da Alemanha de F1 deve sair neste fim de semana, segundo Bernie Ecclestone.

 
A corrida está marcada para o dia 19 de julho, mas as dificuldades financeiras enfrentadas pelo circuito de Nürburgring colocam o evento em risco. Hockenheim, palco do GP nos anos pares, inicialmente se recusou a pagar para realizar a prova também neste ano.
 
Ecclestone falou a respeito do tema à agência de notícias alemã ‘DPA’: “Certamente [haverá uma decisão] neste fim de semana. Eu não tenho certeza se a corrida vai acontecer”.
As últimas duas edições do GP da Alemanha foram vencidas por pilotos alemães: Sebastian Vettel em 2013 e Nico Rosberg em 2014 (Foto: Getty Images)
Nürburgring, antigamente propriedade do estado de Renânia-Palatinado, foi à falência devido aos altos investimentos feitos na modernização do complexo e na construção de um parque de diversões anexo ao autódromo. No ano passado, o circuito foi repassado para a iniciativa privada, mas os novos donos não se mostraram dispostos a bancar o contrato com a F1 nos mesmos moldes que recebeu.
 
O GP da Alemanha é uma das corridas mais tradicionais da F1 e também uma das mais importantes: é a corrida de casa da atual campeã da categoria, a Mercedes, do tetracampeão Sebastian Vettel e do vice-campeão de 2014, Nico Rosberg.
 
Sem o GP, o calendário deste ano ficará reduzido a 19 corridas em vez de 20 — número que Ecclestone tem como meta, mas que não vem conseguindo atingir em todos os anos. Só 2012 teve tantas corridas assim.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube