Tempestade acorda Austin, mas domingo de GP dos EUA de F1 deve ser de pista seca e temperaturas altas

A cidade de Austin, onde se localiza o Circuito das Américas, amanheceu neste domingo debaixo de uma tempestade, que serviu para deixar bastante molhado o traçado texano. Neste momento, as temperaturas na região da pista americana são amenas, mas o clima deve esquentar até a hora da corrida, a 17ª da temporada 2017 da F1

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

A chuva tão prometida para o fim de semana chegou com força na manhã deste domingo (22) em Austin. Uma tempestade atingiu a capital do Texas logo nas primeiras horas da manhã e já serviu para deixar a pista bastante molhada. Depois da tormenta, a manhã texana da F1 vem acompanhada de uma chuva fina e intermitente. Porém, de acordo com os serviços de meteorologia, não deve chover no horário da corrida, que tem largada programada para as 14h (hora local), 17h (de Brasília).

 
As temperaturas também caíram devido à precipitação da manhã. Depois de um sábado abafado, os termômetros hoje registram, neste momento, algo em torno de 16ºC, mas a máxima deve alcançar os 27ºC, elevando a sensação térmica ao longo do dia. 
Paddock de Austin (Foto: Evelyn Guimarães/Grande Prêmio)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Para a tarde, a chance de chuva está em 20%. Já a umidade relativa do ar gira em torno de 56%, enquanto os ventos sopram a uma velocidade de 21 km/h. 

 
A F1 chegou aos EUA neste fim de semana para a disputa da 17ª etapa da temporada 2017. E a pole-position do GP norte-americano ficou nas mãos de Lewis Hamilton. É a 11ª vez no ano que o inglês larga da posição de honra do grid. A seu lado, sai Sebastian Vettel, principal rival na briga pelo título. O brasileiro Felipe Massa vai partir da décima colocação.
A largada para o GP dos Estados Unidos está marcada para as 17h (de Brasília). O GRANDE PRÊMIO cobre a etapa texana da F1 ‘in loco’ e AO VIVO e em TEMPO REAL.
RITMO DE FESTA

PADDOCK GP CHEGA À EDIÇÃO 100 COM HISTÓRIAS IMPERDÍVEIS DE EDGARD MELLO FILHO

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:
0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;
top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube