Titular da Haas em 2021, Schumacher testa Ferrari de 2018 em Fiorano

Nesta quinta-feira (28), Mick Schumacher substituiu a Carlos Sainz e testou com a SF71H no circuito particular da Ferrari

Esta quinta-feira (28) foi nostálgica para fãs da Ferrari: no circuito de Fiorano, um Schumacher voltou a pilotar um carro da escuderia italiana. Mick, titular da Haas na Fórmula 1 em 2021, guiou pela segunda vez no local.

A primeira havia sido em setembro de 2020, quando Schumacher testou no autódromo particular da Ferrari antes daquela que seria sua estreia em um final de semana de F1: ele faria o primeiro treino livre para o GP do Eifel com a Alfa Romeo, mas a sessão foi cancelada em razão da forte neblina.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Mick Schumacher deixa os boxes em Fiorano (Foto: Scuderia Ferrari)

Tanto naquela ocasião, como nesta quinta, o piloto guiou a SF71H, carro de 2018 da Ferrari. Ele esteve na pista na parte da tarde – pela manhã, Carlos Sainz deu mais voltas por sua nova equipe, como havia feito na quarta.

Schumacher é piloto da Academia da Ferrari, que promove testes com outros jovens também nesta semana: Giuliano Alesi e Marcus Armstrong guiaram o carro na última segunda, enquanto na próxima sexta é a vez de Callum Ilott andar pela tarde, depois de nova sessão para Mick.

Schumacher com o #47 (Foto: Scuderia Ferrari)

O piloto utilizará na Haas o número 47, e assim o fez nesta quinta, também. Pela Prema, Schumacher foi campeão da F2 na temporada passada.

Confira abaixo o primeiro vídeo divulgado pela Academia da Ferrari, no momento em que Mick deixava os boxes:

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube