Williams desmente participação de Ecclestone em venda, mas esconde novo dono

Na última semana, uma coincidência de nomes fez surgir um boato: Bernie Ecclestone seria o novo dono da Williams. A chefe da equipe correu para desmentir, mas também não revelou detalhes sobre os compradores

Na última semana, a Williams foi vendida para o fundo de investimentos americano Dorilton Capital por € 152 milhões – aproximadamente R$ 992 milhões. Claire Williams, chefe da equipe, afirmou nesta sexta-feira (28), que Bernie Ecclertone não possui ligações com os novos donos do tradicional time da Fórmula 1.

Os documentos da venda da equipe mostram o nome da empresa BCE Limited, um fundo de investimento da Dorilton Capital, como compradora. Por coincidência, essas são as inciais de Bernie Ecclestone, ex-chefe da Fórmula 1. Claire Williams fez questão de negar o boato.

“Conversei com o Ecclestone durante a semana e perguntei se era ele por trás de tudo isso. É uma brincadeira. Por sinal, não é ele. Bernie não tem nada a ver com nossos novos donos”, disse a dirigente.

Williams foi vendida para fundo de investimento americano chamado Dorilton Capital (Foto: Williams)

“A Dorilton Capital é completamente independente. Bernie não é o novo dono da Williams”, reafirmou.

Apesar de negar a presença de Ecclestone, Williams declarou que não faria comentários sobre a identidade de quem participou das negociações com os novos donos da equipe.

“Não posso entrar em detalhes sobre o pessoal por trás da Dorilton, que vão aparecer claramente ao longo das semanas e meses. Eles gastaram muito tempo nos bastidores para entender nossa equipe e também o esporte. Tenho absoluta confiança que são as pessoas corretas para seguir adiante”, concluiu.

A Fórmula 1 volta a acelerar em Spa-Francorchamps neste fim de semana. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube