Fórmula E traça meta de receber público nas quatro últimas rodadas duplas da temporada

Ainda falta confirmação oficial, mas a Fórmula E se vê próxima de abrir portões nas corridas restantes de 2020/21. Serão rodadas duplas em Puebla, Nova York, Londres e Berlim

Verstappen assume liderança da F1 após vitória: assista aos melhores momentos do GP de Mônaco (GRANDE PRÊMIO com Reuters)

A Fórmula E encontrou motivos para ficar otimista com o futuro. A categoria sente que já superou o pior da Covid-19 e acredita ser capaz de acabar em definitivo com a política de portões fechados, tanto que planeja receber público em cada uma das rodadas duplas restantes da temporada 2020/21.

Mônaco já recebeu público semanas atrás, assim como o eP de Puebla, no México, também receberá. Ainda há negociações com Nova York, Londres e Berlim, mas o clima é de otimismo.

“Vamos começar com público no México, isso é certo”, disse Alberto Longo, co-fundador da Fórmula E. “Estamos falando sobre ter público em Nova York também, talvez de até 33% da capacidade total. Tomara que em Berlim também. Eu estive falando com o prefeito, que me pediu um pouco mais de tempo antes de decidir quantas pessoas poderiam assistir. Só que é isso, estamos trabalhando para ter público do México pra frente”, seguiu.

A Fórmula E trabalha para voltar a ter público (Foto: Fórmula E)

Antes de Mônaco, a última corrida da FE com público foi em fevereiro de 2020, quando o mundo dos esportes ainda conseguia girar normalmente. Foi o eP de Marrakech, último antes da paralisação da temporada 2019/20. As seis corridas de Berlim, em agosto, foram todas com portões fechados. Depois, 2020/21 começou com três rodadas duplas também sem público, em Diriyah, Roma e Valência.

A próxima etapa da FE, a rodada dupla em Puebla, é apenas nos dias 18 e 19 de junho. Robin Frijns lidera o certame após Mônaco, onde foi segundo colocado. António Félix da Costa foi o vencedor.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar