Após acidente, Castroneves revela apenas contusão no punho e está liberado para correr

Helio Castroneves afirmou que está apenas com uma contusão no punho esquerdo após sofrer um forte acidente no segundo treino livre em Mid-Ohio. Apesar disso, o brasileiro está liberado para participar das demais atividades de pista

Helio Castroneves sofreu um forte acidente no segundo treino livre para a etapa de Mid-Ohio, na manhã deste sábado (4). O brasileiro acertou o carro de Mike Conway e acabou sendo atingido pelo volante da Penske, que se soltou. Apesar disso, o piloto teve apenas uma contusão e foi liberado para participar das demais atividades de pista.

Após a confusão, Castroneves explicou que não teve como escapar da batida, pois foi fechado por Conway. Na realidade, o brasileiro disse que o adversário estava tentando abrir caminho, mas acabou bloqueando todas as trajetórias possíveis, tornando o acidente inevitável.

Helio Castroneves está liberado para correr em Mid-Ohio (Foto: IndyCar/LAT USA)

“Infelizmente, quando Conway estava saindo dos boxes, ele não sabia para onde ir. Ele estava tentando me ajudar, mas acabou me machucando, pois estava procurando uma linha para me dar espaço. Qualquer lugar que eu fosse acabava sendo a trajetória que ele escolheu para tentar ajudar. Foi uma dessas situações em que o melhor era manter a sua linha e não tentar ajudar”, declarou.

Apesar do problema, Helio se mostrou aliviado em não ter fraturado a mão esquerda no impacto. “Eu não tive tempo suficiente para frear e o acertei por trás, e o volante deu uma espécie de chicotada e eu acabei machucando a minha mão. Graças a Deus, ela não está quebrada. Foi só uma contusão”, encerrou.

Esse é o segundo grande acidente das atividades em Mid-Ohio. Ao longo da semana, Charlie Kimball encontrou o muro após rodar com o carro da Ganassi e precisou ser substituído por Giorgio Pantano.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube