Dale Coyne anuncia parceria com Rick Ware em provável carro de Grosjean na Indy

A Dale Coyne ainda não anunciou qual piloto se juntará a Ed Jones em 2021, mas o segundo carro da equipe será em parceria com a Rick Ware, com o número 51. Romain Grosjean é especulado em tal vaga

A Dale Coyne deu, nesta sexta-feira (29), mais um passo no caminho para o anúncio de seu outro piloto para a temporada 2021 da Indy. Se Ed Jones foi confirmado como quem guia o #18, com parceria com a Vasser Sullivan, mais dois carros foram anunciados desta vez.

Se tratam dos #51 e #52, com o primeiro disputando toda a temporada, e o segundo as 500 Milhas de Indianápolis e outro corridas a serem anunciadas. Ambos serão em parceria com a Rick Ware Racing, repetindo dupla que andou na prova mais famosa da categoria no último ano.

Na ocasião, James Davison esteve no #51 da Dale Coyne, mas a corrida foi curta – porém marcante: com seis voltas, o carro começou a pegar fogo e forçou o abandono do piloto.

Davison, após largar de 27º, rapidamente caiu para 32º, e ainda viu o freio causar chamas na roda dianteira direita. Ele não ficou ferido, causando apenas bandeira amarela.

Roda de James Davison em chamas (Foto: Reprodução)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

O carro #51, acredita-se, é o provável futuro de Romain Grosjean. Há semanas ligado à Indy, ele evita confirmar, tal como a equipe. O anúncio de quem ocupará tal carro, porém, está marcado para a próxima semana.

O #51 da Dale Coyne era o #55 de Álex Palou no ano passado, que havia sido o #19 de anos anteriores. Palou deixou a equipe e assinou com a Ganassi para a próxima temporada.

“Fomos apresentados à Rick Ware na Indy 500 do ano passado. Foi interessante ver como são similares os esforços deles na Nascar e no IMSA SportsCar em relação aos nossos na Indy. Conversamos desde então e estamos ansiosos em recebê-los em nossa família”, comentou Dale Coyne, o chefe da equipe.

Além da promessa do anúncio do piloto, seja Grosjean ou outro, o patrocinador principal também só será revelado em fevereiro.

Romain Grosjean está fora do grid da F1 em 2021 (Foto: Haas)

Grosjean na Indy?

Em recente entrevista à publicação francesa Ouest France, Grosjean admitiu interesse na Indy, mas despistou sobre qualquer acordo e afirmou que discutiria a situação com a família.

“[A Indy] é um campeonato legal, com bons pilotos e que acompanho de perto, sim. Se estou acertado, ou próximo disso, é outra história. De fato, lá correm em ovais, algo tecnicamente complicado. Vou ver com minha família sobre isso, estamos em discussão e trabalhando sobre a questão”, pontuou.

Sem vaga no grid da Fórmula 1, o ex-piloto da Haas não corre desde o dia 29 de novembro, quando sofreu grave acidente no GP do Bahrein. Na ocasião, seu carro bateu com força no guard-rail, se dividiu e explodiu. Grosjean teve queimaduras nas mãos e em um dos tornozelos.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube