Power prevê diferentes estratégias e celebra pole: “Não deixamos nada à mesa”

Pole no misto de Indianápolis pela quarta vez, Will Power prevê corrida movimentada e interessante no sábado. Piloto tem três vitórias no traçado

O equilíbrio tomou conta da classificação do GP de Indianápolis, e quem se deu bem na disputa da pole-position foi Will Power. O australiano da Penske largará da ponta no misto pela quarta vez na carreira.

Em coletiva de imprensa virtual realizada após o treino classificatório, o campeão de 2014 falou sobre a batalha estratégica prevista para a corrida de sábado. Power foi vencedor da prova em 2015, 2017 e 2018.

“Não deixamos nada à mesa naquela volta. Eu sabia que Jack Harvey fez um ótimo tempo, então precisei colocar nosso melhor conjunto de pneus na última tentativa. Dei tudo, felizmente, foi suficiente”, citou.

“Certamente você constrói uma estratégia baseando de onde começa. Vai ser mais fácil ir até a curva 1. Você é o primeiro a largar, e é um trecho tão longo que não importa o quão bom você largue, os caras atrás vão estar do seu lado na curva 1”, disse o australiano, apontando para os perigos da largada.

Will Power tem 58 poles na Indy (Foto: AFP)

Diferente dos anos anteriores, a corrida de Indianápolis terá 80 voltas, 5 a menos que o normal. Isso abre chance para pilotos tentarem apenas dois pit-stops.

“Definitivamente diria que alguns vão tentar duas paradas. Se acontecer apenas uma amarela, será duro. É uma pista que não temos tantas porque temos várias áreas de escape caso erre. Você não fica preso. Vai ser interessante”, completou.

O GP de Indianápolis tem largada marcada para às 12h30 (de Brasília) do sábado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube