Viso comemora liderança em Indianápolis, mas evita fazer qualquer previsão para Pole Day

O venezuelano disse que a equipe Andretti está mais forte do que estava no início dos treinos para as 500 Milhas, mas ressaltou que não é possível saber o que as outras escuderias estavam testando

Ernesto Viso tem bons motivos para ficar animado para a disputa das 500 Milhas de Indianápolis, afinal, o venezuelano terminou com o melhor tempo da semana de treinos livres, ao obter 39s209, nesta sexta-feira (17). O piloto, porém, preferiu minimizar o desempenho e disse que é cedo para prever qualquer resultado, pois não sabe o que as outras equipes estavam testando.

“É difícil dizer algo porque nós fomos pouco a pouco ajustando o carro até este ponto e acho que um tempo realista seria 0s2 ou 0s3 mais lento. Mas é difícil cravar”, disse o piloto. “Há muitos fatores em jogo quando estamos na pista, e a gente nunca sabe se os mesmos fatores valem para todos”, declarou.

Ernesto Viso foi o mais rápido nesta sexta-feira  (Foto: Forrest Mellott/IndyCar)

Para terminar com o melhor tempo da semana, Viso contou com o aumento da pressão do turbo nesta sexta-feira, além de pegar o vácuo de Marco Andretti na hora de marcar a melhor volta.

Mesmo adotando cautela, o piloto se mostrou confiante para a definição do grid de largada, que acontece neste sábado, pois a equipe Andretti fez um bom trabalho em desenvolver o equipamento ao longo da semana de treinos.

“Eu acho que a equipe evoluiu desde o ano passado e estamos na direção certa. Nós estivemos no caminhão, testando um monte de novas coisas no carro, e acho que estamos mais fortes do que quando começamos. O importante é encontrar o máximo de aderência possível, e quando ela vier é hora de ajustá-la. Você vai estar em uma boa posição se tiver feito a lição de casa”, avaliou.

O piloto, por fim, disse que está animado para o treino classificatório, embora o formato da atividade, com uma superpole envolvendo os nove mais rápidos, tire a possibilidade de as equipes trabalharem na estratégia.

“Eu entendo que isto é parte da história e que esta é uma corrida única. É parte da tradição e deve continuar assim. Até agora tem sido divertido. Mas por causa do procedimento, há pouca estratégia envolvida. Poupar pneus, poupar o carro ou andar muito, todas essas coisas sempre adicionam novos fatores”, encerrou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube