FIA marca julgamento de piloto cinco meses após ataque de fúria no Mundial de Kart

Cinco meses após ataque de fúria em Lonato, Luca Corberi será julgado pela FIA por agressão física e por arremessar para-choque do kart contra competidores. Piloto italiano anunciou aposentadoria após atos

O kartista italiano Luca Corberi vai a julgamento pelo tribunal internacional da FIA no próximo dia 22, por videoconferência. O piloto se tornou conhecido mundialmente por atacar adversários durante uma etapa do Mundial de Kart, em outubro de 2020.

Na ocasião, Corberi disputava a prova na categoria KZ no kartódromo de South Garden, em Lonato, na Itália, que é propriedade de sua família. Irritado por abandonar a corrida após um acidente, arremessou o para-choque do próprio kart contra o competidor Paolo Ippolito. Em outra cena que também viralizou nas redes sociais, era possível ver Luca e o próprio pai agredindo Paolo após o encerramento da prova. As duas atitudes serão julgadas pela FIA.

Os vídeos que chocaram o mundo do kartismo foram alvos de críticas por pilotos de fama no esporte a motor. Jenson Button, campeão mundial de Fórmula 1 em 2009, afirmou que “Corberi destruiu qualquer chance de carreira no automobilismo com esse comportamento nojento no Mundial de Kart. O pai dele controla o circuito e é visto empurrando outro piloto no muro”, e pediu “banimento para os dois idiotas, por favor”.

O vídeo de Corberi arremessando peça do kart contra Paolo Ippolito (Vídeo: Reprodução/FIA Karting)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

WEB STORIES: Tudo sobre os lançamentos dos carros da F1 2021

Felipe Massa, vice-campeão mundial de F1 em 2008 e presidente da divisão de kartismo da FIA, citou que “esse comportamento é inaceitável no nosso esporte. Estes indivíduos vão enfrentar as consequências de suas ações”.

Apenas um dia após o ataque de fúria, Corberi utilizou as redes sociais para pedir desculpas pelos atos e anunciar a aposentadoria do esporte a motor. “Não estou pedindo misericórdia, porque não mereço. Vou concordar totalmente com as punições exigidas. Estou escrevendo hoje para pedir desculpas, mesmo que não seja suficiente, porque depois de todas as coisas ruins que aconteceram durante esse evento, o pior já foi feito por mim, um cara que ama esse esporte e, depois do pior dia de sua vida, ainda vai se lembrar de boas coisas no esporte”, comentou Luca na época.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar