Mercedes W07: o carro da rivalidade explosiva entre Hamilton e Rosberg em 2016

A temporada 2016 da Fórmula 1 testemunhou uma intensa batalha entre Lewis Hamilton e Nico Rosberg pelo título. O carro altamente vencedor da Mercedes permitiu uma disputa de alto nível, mas com doses de dramas pela confiabilidade. No fim, o alemão foi capaz de derrotar o inglês

Do Canadá/2007 a Eifel/2020: como Hamilton alcançou Schumacher em número de vitórias

Não foi uma temporada de título, mas foi de uma disputa emocionante: o W07, carro de 2016 da Mercedes, não conduziu Lewis Hamilton à glória, que ficou com Nico Rosberg, mas foi protagonista de uma batalha que durou até o final entre a dupla.

O modelo apresentou poucas mudanças em relação ao anterior. Mexer em time que está ganhando, às vezes, é realmente desnecessário, e a Mercedes fez apenas três pequenas alterações em relação ao de 2015.

Arte: Rodrigo Berton/Grande Prêmio

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

O bico teve novo formato, mas apenas levemente modificado. O carro também tinha um desenho um pouco mais estreito. E a entrada de ar superior também esteve nesta lista. Tirando isso, até a pintura era semelhante, com a cor prata ganhando leves tons mais escuros na parte traseira.

Estatisticamente, se tornou o segundo carro mais dominante da história da Fórmula 1, com 19 vitórias, 20 poles, 33 pódios e 765 pontos conquistados – 90% dos triunfos possíveis, só atrás da McLaren de 1988, a MP4/4, que teve 93%. Ou seja, Hamilton não foi campeão com o carro mais vencedor – não que isso importe, ao final de tudo.

Aquela temporada foi tão tensa e acirrada que Rosberg, ao sacramentar o título no GP derradeiro em Abu Dhabi, decidiu pela aposentadoria. O alemão deixou as pistas aos 31 anos. O estresses pela briga com Hamilton havia sido o suficiente. “Eu já escalei a minha montanha”, afirmou depois.

Do McLaren MP4-22 ao Mercedes W11: os carros vencedores de Hamilton na F1

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube