Bagnaia é liberado para GP de San Marino após fratura na tíbia direita

Após sofrer forte acidente na Tchéquia e ficar fora de três etapas, o italiano volta para a corrida caseira da MotoGP

Francesco Bagnaia é nome confirmado para o GP de San Marino e Riviera de Rimini da MotoGP. Nesta quinta-feira (10), o piloto confirmou que foi liberado pelos médicos para participar da sexta corrida da temporada 2020.

O italiano estava passando por um longo processo de recuperação de lesão. Durante o primeiro treino livre do GP da Tchéquia, o piloto da Pramac sofreu um forte acidente que resultou em uma fratura na tíbia direita, precisando passar por posterior operação.

Pecco Bagnaia, Pramac, MotoGP 2020, Misano
Bagnaia foi liberado para correr em Misano (Foto: Reprodução)

Portanto, perdeu três etapas – a de Brno e ambas do Red Bull Ring. Agora, através de suas redes sociais, postou uma foto de muleta após o exame médico no circuito e escreveu que “olá, pessoal. Estou 100% em forma e livre. Finalmente posso dizer: bem-vindo para a corrida caseira”.

Quem assumiu a moto de Bagnaia nas últimas duas corridas foi Michelle Pirro, piloto de testes da Ducati. O piloto conseguiu uma 12ª e uma 20ª colocações como resultado, enquanto nas duas primeiras provas do ano, Pecco ficou em sétimo em uma e abandonou a outra. Hoje, aparece em 18º na classificação.

O Mundial de Motovelocidade desembarca em Misano para disputar o GP de San Marino e Riviera de Rimini neste fim de semana. Essa é a primeira prova da rodada dupla no circuito. A prova vai ser a primeira do calendário a receber público, contando com 10 mil pessoas por dia e totalizando 30 mil espectadores durante os três dias de atividades.

Paddockast #77 | Como amar a moribunda Ferrari em crise?
Ouça também: PODCASTS APPLE | ANDROID | PLAYERFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube